Criptomoeda de maconha pode patrocinar a viagem de Dennis Rodman à Cúpula EUA-Coreia do Norte

A PotCoin está em discussões com representantes de Dennis Rodman para patrocinar sua viagem à cúpula EUA-Coreia do Norte em Cingapura na semana que vem, reportou o Washington Post em 7 de junho. A PotCoin é uma criptomoeda criada para facilitar transações dentro da indústria legalizada de cannabis.

O agente de Rodman, Chris Volo, confirmou o interesse do ex-astro do basquete em viajar para Cingapura, dizendo que forneceria "apoio moral" aos presidentes Trump e Kim Jong Un.

A criptomoeda sediada no Canadá patrocinou a viagem de Rodman à Coreia do Norte em 2017, quando seu preço disparou depois que Rodman vestiu uma camisa com seu logotipo enquanto estava no país. Volo supostamente disse que algumas questões da viagem ainda estavam sendo trabalhadas, enquanto Shawn Perez, um porta-voz da PotCoin, se recusou a fornecer qualquer detalhe. Ele só disse ao Washington Post que Rodman "merece o Prêmio Nobel da Paz em conjunto com o presidente Trump e o marechal Kim Jong Un", acrescentando:

“A equipe da PotCoin como uma comunidade tem apoiado incrivelmente a missão de paz de Rodman desde o começo. Estamos felizes em ver como o clima político melhorou entre os norte-coreanos e os EUA desde que ele se envolveu”.

Um porta-voz do Departamento de Estado expressou dúvidas sobre a possível presença de Rodman na cúpula, observando que Rodman não faz parte da delegação oficial dos EUA e acrescentou: “Não temos comentários sobre as viagens particulares de Dennis Rodman. Ele não é um representante do governo dos EUA.

Rodman viajou pela primeira vez para a Coreia do Norte em 2013, como parte de uma viagem com membros do Harlem Globetrotters. Ele então retornou mais duas vezes naquele ano e estabeleceu relações com Kim, que é declaradamente fanático pelos Chicago Bulls da década de 90. Embora Rodman tenha conseguido desenvolver um relacionamento caloroso com o líder da Coreia do Norte, não está claro se Kim deixaria Rodman participar da cúpula.

As celebridades muitas vezes servem como porta-vozes de vários projetos de criptomoeda. O ator Steven Seagal foi um embaixador da Bitcoiin2Gen, uma criptomoeda que afirmava ser uma “versão superior ou mais avançada do Bitcoin original”. Lionel Richie apareceu em um comercial de televisão da corretora TD Ameritrade que anunciava o futuro do Bitcoin e da estrela de boxe Floyd Mayweather fez um post no Instagram gabando-se do “$hit t$n of money” e que ostensivamente faria uma ICO na Stox.