Malásia planeja promulgar regulamentação de cripto no primeiro trimestre de 2019

A Malásia vai aprovar os regulamentos para criptomoedas e Ofertas Iniciais de Moedas (ICO) no primeiro trimestre de 2019, informou o jornal The Star em 28 de novembro.

A publicação citou o ministro das Finanças, Lim Guan Eng, que disse na quarta-feira que o órgão regulador do país, a Comissão de Títulos (Securities Commission - SC), o atualizou com um cronograma para as novas regras.

O movimento formará “parte dos esforços da SC para facilitar oportunidades alternativas de captação de recursos e novas classes de ativos de investimento”, acrescentou The Star.

A Malásia tomou um caminho fragmentado para a regulamentação de sua indústria doméstica de criptomoedas, começando originmente o processo no final de 2017.

Autoridades tentaram controlar o setor enquanto isso, Lim disse ao parlamento que as entidades que desejam emitir criptomoedas devem consultar o banco central do país, o Bank Negara Malaysia.

"Eu aconselho todas as partes interessadas a introduzir a criptomoeda Bitcoin (estilo) para se referir primeiro ao Bank Negara Malaysia, já que é a autoridade que emitirá a decisão sobre o mecanismo financeiro", reportou a Cointelegraph nesta segunda-feira.

Este mês, um político malaio também recomendou a aprovação de um projeto de emissão de criptomoedas apoiado pelo governo até que os regulamentos entrassem em vigor.

A Malásia tem procurado promover seu relacionamento com blockchain este ano, novembro também vendo o Ministério da Educação estabelecer um sistema de verificação de graduação universitária usando a tecnologia.