Maioria dos votantes apoiam a implementação do algoritmo ETH resistente a ASIC, mostra votação on-line

Uma votação on-line sobre a implementação do ProgPoW no algoritmo de prova de trabalho (PoW) da Ethereum (ETH) mostra uma maioria a favor da mudança, de acordo com os resultados atualizados hoje, 15 de fevereiro, no portal dedicado à votação.

O ProgPoW é um algoritmo PoW resistente a circuitos integrados específicos da aplicação (application-specific integrated circuit - ASIC) destinado a substituir o atual algoritmo PoW da ETHhash, da Ethereum.

Ao definir o algoritmo como resistente a ASIC, os desenvolvedores do ETH querem dizer que o algoritmo diminuiria - mas não eliminaria - a vantagem de eficiência da mineração usando ASICs sobre o uso de hardware genérico, como unidades de processamento gráfico (GPUs).

Até o momento desta publicação, mais de 76% (628.000 ETH, que equivale a mais de US$ 76 milhões) votaram a favor da implementação do algoritmo, enquanto mais de 23% (mais de 191.000 ETH, igual a mais de US$ 23 milhões) votaram contra.

O portal de votação afirma que “os detentores de token de Ether estão entre as pessoas que serão impactadas financeira e economicamente” pela decisão em relação ao ProgPoW. Como tal, o site observa que permitir aos detentores de ETH expressarem suas posições através de uma votação é uma forma de expressão mais legítima do que comentários anônimos em fóruns on-line.

Os resultados das eleições não serão vinculativos e nenhum prazo para o término do processo de votação foi definido.

Depois de primeiro chegar a um consenso para a implementação do algoritmo no início de janeiro, os desenvolvedores mudaram de ideia e adiaram a decisão até que o algoritmo seja auditado por um terceiro no início do corrente mês.

Como a Cointelegraph relatou, o ProgPoW já esteve no centro da controvérsia depois que um colaborador do código Ethereum propôs que os desenvolvedores do Ethereum deveriam abraçar os ASICs, enquanto alguns membros da comunidade sugeriram que o algoritmo pode ser menos resistente ao ASIC do que se pensava anteriormente.