Ooredoo, gigante de telecomunicações do Qatar, lança iniciativa blockchain

O grupo de telecomunicações Ooredoo, gigante do setor no Qatar, lançou uma iniciativa blockchain, segundo informações do jornal local de língua inglesa Peninsular Qatar publicadas nesta segunda-feira, 18 de março.

De acordo com a reportagem, a empresa já colabora com entidades privadas, públicas e acadêmicas para desenvolver soluções em blockchain. O CEO do Grupo Ooredoo, Sheikh Saud bin Nasser Al Thani, é citado na publicação afirmando que a “blockchain facilitará novos modelos de negócios digitais e receitas nos próximos cinco anos”.

Segundo ele, a blockchain permite que as organizações otimizem custos e melhorem sua eficiência, transparência e confiança, ao mesmo tempo em que permitem pagamentos digitais seguros. O autor do matéria cita o uso dos contratos inteligentes para gestão de títulos, escrituras e instalações, rastreamento de produtos e liquidações bancárias internacionais como possíveis aplicações da tecnologia.

Por fim, a empresa pretende combinar a blockchain com sua infraestrutura 5G, nuvem e Internet das Coisas, mas a notícia não especifica como. Dados da CrunchBase revelam que o Grupo Ooredoo, uma das maiores empresas de telecomunicações do mundo, tem uma receita anual de US$ 8,2 bilhões.

Como o Cointelegraph informou em fevereiro, a maior multinacional de telecomunicações da Espanha, a Telefonica, fez uma parceria com a Microsoft para expandir sua inovação digital usando blockchain e inteligência artificial.

Outro grande companhia internacional, a décima maior empresa do mundo e gigante dos seguros chinesa Ping An, recentemente fez uma parceria com a startup de inteligência artificial descentralizada e baseada em Ethereum (ETH) SingularityNET.