Viver de Bitcoin em 2017: O Quão Prático é?

A grande maioria dos investidores do Bitcoin considera isso como um bem seguro, investimento a longo prazo e ouro digital. Mas, o quão prático é viver com Bitcoin em 2017?

Por natureza, o Bitcoin é uma moeda digital, descrita pelo seu criador Satoshi Nakamoto como um sistema de dinheiro digital. Após a depuração do mempool do Bitcoin, uma área de espera para transações não confirmadas, as taxas de transação da Bitcoin diminuíram para uma variação entre US$ 0,5 e US$ 0,9 e, com a ativação do Segregated Witness através do mecanismo de ativação do BIP 91, as taxas deverão diminuir para cerca de US$ 0,1.

substancial decréscimo nas taxas de transação Bitcoin  permitrá que o Bitcoin torne-se muito mais usável como uma moeda digital, para comprar bense itens tanto on-line quanto off-line.

How Practical Is It to Live on Bitcoin in 2017?

O quão prático é viver de Bitcoin em 2017? - Comerciantes: centenas de milhares de bares, restaurantes, lojas e cafés - Adoção & Reconhecimento: Bitcoin é reconhecido como uma moeda digital global - Cartões de débito Bitcoin: Xapo, Bitpay e muitas outras companhias oferecem cartões de débito Bitcoin Visa que qualquer um pode usar para comprar itens tanto on-line quanto off-line - Apps Bitcoin regionais: Permite usuários pagar contas de serviços em Bitcoin, enviar remessas, sacar Bitcoin etc.

Cartões de  débito Bitcoin

Muitos provedores de serviços Bitcoin, incluindo a Xapo, uma carteira proeminente e plataforma de armazenamento, e a BTCC, uma importante casa de câmbio chinesa de Bitcoin, oferecem serviços de cartão de débito Bitcoin. A Xapo, por exemplo, envia cartões de débito para consumidores ligados à carteiras Bitcoin. As transações realizadas com o cartão de débito Xapo Visa são automaticamente deduzidas da carteira Bitcoin em tempo real.

Mais do que isso, o cartão de débito Xapo Visa pode ser vinculado a plataformas como o PayPal, permitindo que os usuários adquiram facilmente o Bitcoin e gastem o Bitcoin com comerciantes, lojas e estabelecimentos normais. Os viajantes também podem usar o cartão de débito Xapo para sacar dinheiro usando caixas eletrônicos de banco, o que aumenta a liquidez para usuários casuais.

Varejistas e comerciantes aceitando Bitcoin

Em algumas regiões, especialmente no Japão, muitos comerciantes começaram a aceitar o Bitcoin como um método de pagamento legítimo. A legalização do Bitcoin pelo governo japonês permitiu que as principais empresas, incluindo o maior varejista de eletrônicos do país, a Bic Camera, integrassem o Bitcoin e introduzissem os pagamentos do Bitcoin ao público.

Inicialmente, a Bic Camera começou a aceitar o Bitcoin em uma das suas localizações. No momento, cada localização da Bic Camera no Japão está aceitando o Bitcoin, que foi otimista na adoção do Bitcoin e na cobertura da grande mídia.

Mais importante ainda, centenas de milhares de comerciantes no Japão, incluindo bares, restaurantes, cafés e lojas, começaram a aceitar Bitcoin através da AirREGI, o sistema de ponto de venda (PoS na sigla em inglês) mais utilizado pela nação.

As publicações locais, incluindo o Nikkei, informaram em abril que a equipe de desenvolvimento da AirREGI estava planejando integrar o Bitcoin até o verão de 2017. No início do mês passado, Kagayaki Kawabata, desenvolvedor da Coincheck International Business, disse à Bitcoin.com em uma entrevista que alguns comerciantes já começaram a aceitar Bitcoin através do AirREGI e o resto o seguirá ao longo de 2017.

Kawabata disse:

“Algumas outras lojas também estão se preparando para os pagamentos em Bitcoin da AirREGI… E também, adicionando às 260.000 lojas já existentes que já usam o AirREGI, vamos coooperar com a Recruit Lifestyle para expandir [o número de] lojas que aceitarão o Bitcoin.”

Por isso, tornou-se mais fácil gastar Bitcoin diretamente em lojas e comerciantes com o AirREGI. Alguns hotéis, incluindo o Japan's Capsule Hotel, o mais popular e maior hotel econômico do Japão, também integraram diretamente o Bitcoin.

Pagando contas de serviços, faturas de cartão de crédito e envios de dinheiro com o Bitcoin

Os provedores regionais de serviços de Bitcoin, como o Coins, que opera nas Filipinas, Hong Kong e Malásia, permitem que os usuários paguem contas de serviços públicos, como eletricidade, água, aluguel, taxas de matrícula e contas de internet com Bitcoin e até cobrem as contas do cartão de crédito usando o Bitcoin.

O Coins.ph, o braço do Coins das Filipinas, formou parcerias adicionais com bancos locais e pontos de remessa, permitindo que os usuários saquem e comprem Bitcoin de caixas eletrônicos bancários, métodos de balcão bancário e pontos de remessa de dinheiro.