Bitcoin pode ter seu mercado de alta induzido pelo Litecoin, diz analista

O Bitcoin (BTC) pode ter seu mercado de alta induzido pelo Litecoin (LTC) à medida que ele entra em uma onda otimista, observou o analista Willy Woo.

Em uma série de tweets em 6 de janeiro, Woo, conhecido no mundo das criptomoedas como o criador do recurso de dados Woobull, destacou uma recuperação do Litecoin nas últimas semanas.

Woo: Litecoin em recuperação

Especificamente, é a dificuldade de mineração da altcoin que começou a aumentar mais uma vez após mais de seis meses de declínio.

A dificuldade é uma medida de quanto esforço de computação é necessário para processar transações na blockchain de uma criptomoeda. Uma queda no preço pode fazer com que os mineradores se aposentem devido à baixa lucratividade, o que desencadeia uma queda na dificuldade. Isso, por sua vez, tem implicações para a segurança da rede.

Litecoin difficulty vs. price, 2011-present. Source: Woobull

Dificuldade do Litecoin x preço, 2011 - 2020. Fonte: Woobull

Woo disse que o segundo semestre de 2019 foi "a maior capitulação de mineração que o LTC já enfrentou". Os dados confirmam que a dificuldade caiu de mais de 16 milhões em julho passado, para apenas 4,7 milhões em meados de dezembro.

Desde então, a dificuldade começou a melhorar, atualmente em 5,1 milhões. Isso, Woo diz, pode não apenas produzir uma bull run para o Litecoin, mas também se espalhar para abastecer o já borbulhante mercado de Bitcoin.

"A dificuldade do Litecoin agora está em recuperação", ele escreveu em outros comentários, acrescentando:

“Deve criar uma fuga de alta do canal de baixa. Eu não ficaria surpreso se o LTC liderasse uma fuga de alta do BTC.”

Principais ganhos do LTC ainda vão aparecer

O Litecoin foi lançado em 2011 como um hard fork do cliente Bitcoin Core e atualmente é a sexta maior criptomoeda por valor de mercado.

Apesar de ter perdido consideravelmente no colapso da altcoin de 2018, o desempenho da moeda melhorou em 2019. Como o Cointelegraph relatou, o LTC / USD saltou de US$ 32 para US$ 141 no primeiro semestre do ano - desafiando o leg-up do próprio Bitcoin que começou em 1º de abril.

Em novembro, Keith Wareing, colaborador do Cointelegraph, previu ganhos "significativos" para os detentores de LTC. No caso, os mercados atingiram US$ 61 antes de cair para US$ 37 antes do Natal. No momento, o Litecoin é negociado a US$ 45, com ganhos diários de 1,3%, modesto em comparação aos 5,5% do Bitcoin.