LG requisita nos EUA marca registrada para a carteira cripto 'ThinQ Wallet'

A gigante sul-coreana de tecnologia LG solicitou a marca registrada "ThinQ Wallet" ao Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO) em 2 de julho, segundo dados publicados no site oficial do escritório.

De acordo com os documentos do peidod, a marca é para serviços relacionados a serviços de transação e liquidação, serviços bancários móveis, “emissão de dinheiro cibernético” e “software para aplicativo de pagamento para telefones celulares”, entre outros. A ThinQ é uma marca que foi usada pela primeira vez para geladeiras inteligentes, introduzida pela empresa em 2011 na feira de eletrônicos de consumo. Hoje em dia, também vários smartphones foram lançados sob a marca ThinQ.

A marca pode significar que a LG pretende competir com a Samsung. Em maio, o Cointelegraph informou que esta última pretende lançar recursos de criptomoeda e blockchain - incluindo uma carteira - em seus smartphones de baixo custo.

Como o Cointelegraph informou hoje, a LG CNS, uma subsidiária da LG Corp., aplicará sua plataforma blockchain proprietária para promover a transparência da cadeia de suprimentos para os almoços em refeitórios de escolas.

Em maio, a gigante de eletrônicos de consumo High Tech Computer (HTC) lançou swaps token ERC20 na carteira para os usuários de seu smartphone Exodus 1, como resultado da parceria da empresa com a rede descentralizada baseada na Ethereum (ETH) Kyber Network.