Maior plataforma de streaming ao vivo do mundo, Twitch.tv volta a aceitar Bitcoin como forma de pagamento

A Twitch.tv, a maior plataforma de streaming do mundo, voltou a aceitar BitcoinBitcoin Cash como métodos de pagamento, depois de removê-los em março de 2019. 

Em março, o gigante de streaming silenciosamente removeu o processador de pagamentos BitPay como uma opção para pagamento de assinaturas de canais. Ao remover o BitPay, o Twitch eliminou também o Bitcoin (BTC) e o Bitcoin Cash (BCH) como métodos de subscrição de streamers.

Embora os streamers ainda pudessem solicitar gorjetas em criptomoedas ao colar endereços de carteiras em seu perfil do canal, a remoção do BitPay causou um grande impacto nos fãs do Twitch. Agora, o Twitch adicionou novamente o BitPay à lista de métodos de pagamento aceitos para compras de assinaturas. 

A opção não está visível à primeira vista. Depois de clicar no botão "inscrever-se" em um canal do Twitch, o usuário terá de selecionar o botão "mais métodos", escolher um nível de assinatura, clicar em "continuar" e "mostrar mais métodos" para chegar à opção do BitPay.

O retorno do Bitcoin ao Twitch segue de perto um aumento meteórico no preço de US$ 8.000 para US$ 11.400 nas últimas duas semanas.

Muitos acreditam que grandes empresas estão tentando entrar na nova onda de alta do mercado. O fato de o Twitch estar ou não tentando capitalizar sobre essa alta, restabelecendo os pagamentos do BTC e do BCH, permanece desconhecido já que nenhuma menção à reintegração foi feita no blog ou na página de imprensa da empresa.

Esta não é a primeira vez que o Twitch adiciona novamente o Bitcoin às suas opções de pagamento após remover previamente a moeda digital. Inicialmente, a plataforma de streaming começou a aceitar o Bitcoin em 2014, quando se associou à Xsolla, uma rede de pagamentos que suportava a moeda na época. No entanto, quando o Xsolla removeu o Bitcoin de sua rede, a criptomoeda tornou-se indisponível para os usuários do Twitch.

O Twitch reestabeleceu os pagamentos de Bitcoin em 2016 quando adicionou a exchange americana Coinbase como processadora de pagamentos, e posteriormente migrou para o BitPay. 

O meio de pagamento por criptomoedas tendo visto indas e vindas na plataforma de streaming. O Bitcoin permaneceu uma opção para os usuários do Twitch até março de 2019, quando a empresa removeu o BitPay e, mais uma vez, cortou os usuários do BTC e do BCH.