Exchange Kraken adquire prestadora de serviços para investidores institucionais

A exchange cripto Kraken adquiriu a Interchange, uma provedora de serviços de contabilidade e reconciliação de m carteira para investidores institucionais em criptomoeda.

Um comunicado de imprensa publicado em 31 de julho indica que a aquisição apoia a criação pela Kraken de uma plataforma de negociação e reconciliação de ponta a ponta.

Um arsenal de ferramentas para clientes institucionais

Como divulgado no release, os cofundadores e veteranos de cripto da Interchange, Dan Held e Clark Moody, desenvolveram a Interchange para atuar com fundos de cobertura de criptomoedas, gerentes de ativos e administradores de fundos, fornecendo ferramentas especializadas para monitorar e relatar suas participações cripto e otimizar suas carteiras.

Os mais de 60 clientes institucionais que usam o software da Interchange incluem MG Stover - supostamente a maior administradora de fundos do mundo para fundos de ativos digitais.

a Kraken - que aparentemente registrou uma taxa de crescimento de três dígitos (%) em númeto de clientes institucionais em relação ao ano anterior - combinará as ferramentas da Interchange com sua plataforma existente, a Cryptowatch, um serviço de rastreamento, negociação e mapeamento de múltiplas exchanges.

As ferramentas combinadas de Interchange e Cryptowatch oferecerão, assim, produtos de clientes institucionais que abrangem dados históricos e em tempo real, gráficos avançados, execução de negociação multibaixa, pesquisas e informações de mercado, ferramentas de contabilidade e reconciliação de carteira e produtos de índice cripto.

O espaço em mutação dos fundos de cobertura cripto

Em uma entrevista para a Kraken - publicada no blog da exchange em 31 de julho - Dan Held e Clark Moody deram sua perspectiva sobre o desenvolvimento do investimento institucional em cripto.

Held - que está envolvido com cripto há mais de sete anos - disse que após o frenesi das ofertas iniciais de moeda em 2017, os fundos de cobertura cripto tiveram que ajustar seu foco e “aprofundar seu entendimento sobre os fundamentos do Bitcoin e da blockchain”.

“Muitos aprenderam uma dura lição sobre diversificação em uma classe de ativos altamente correlacionada. Os fundos de cobertura que sobreviveram ao inverno cripto estão agora mais maduros, sofisticados e pesados ​​em termos de processos”, disse ele.

Moody observou que os fundos estão diversificando suas estratégias e abordagens de alocação, estimuladas pela necessidade de selar uma vantagem competitiva em um mercado digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Ele previu que, à medida que mais capital fluir de atores institucionais de grande escala, o espaço cripto terá uma série de novos produtos, incluindo derivativos avançados.

Em junho deste ano, dados recentes do credor institucional de cripto Genesis Capital revelaram um grande aumento na atividade de criptomoeda das contrapartes institucionais, com volumes de 2 a 3 vezes mais altos do que há doze meses.

Os relatórios argumentaram que esse ímpeto, liderado pela instituição, poderia muito bem ter contribuído para a recuperação dos preços do Bitcoin em 2019.