Kodak publica ICO para verificar o status de

A Eastman Kodak Company anunciou em 30 de Janeiro que o lançamento de sua criptomoeda, a KODAKCoin, seria adiada para avaliar o status dos potenciais investidores. O atraso foi anunciado no dia anterior , a oferta inicial de moeda (ICO) foi programada para começar em 9 de Janeiro, conforme nota de imprensa.

Conforme explicado no site da empresa, a Kodak pretende executar uma ICO que ofereça tokens de segurança como uma "oferta isenta" - isto significa que a empresa não precisa registrar sua segurança com a Securities and Exchange Commission (SEC) (comissão de segurança e câmbio). Apenas " investidores credenciados "podem participar da ICO.

A SEC exige que um investidor credenciado tenha um patrimônio líquido superior a $1 milhão, ou uma renda anual de pelo menos $200.000, juntamente com outras condições.

A empresa afirma que precisa de "várias semanas" para verificar o status de "investidores credenciados" daqueles que se candidataram para investir na ICO. A Kodak reporta ser um número maior do que 40 mil pessoas.

Potenciais investidores de fora dos EUA serão considerados de acordo com suas jurisdições locais, acrescentou a empresa.

De acordo com o Marketwatch , os preços das ações da Kodak (KODK) aumentaram drasticamente após o comunicado de imprensa do projeto em 9 de Janeiro, pulando de $3.1 para quase $11 no dia seguinte. No entanto, após o atraso foi anunciado em 30 de Janeiro, as ações caíram em mais de 18%, e continua a tendência decrescente em 1 de Fevereiro também.