Kevin O'Leary: 'essa besteira de criptos não respeita a conformidade, são moedas trapaceiras'

O empresário canadense e personalidade da TV Kevin O'Leary disse que as criptomoedas representam uma séria ameaça aos desafios de conformidade para a indústria de serviços financeiros.

Durante uma entrevista publicada em 3 de julho, O’Leary disse que não iria investir ou se envolver com criptomoedas por conta de sua natureza suportamente desregulada:

“Se eu quero estar em conformidade e não quero violar nenhuma regulação - porque sou um participante de serviços financeiros em todo o mundo e é aí que a maior parte do dinheiro - é, eu tenho que respeitar a conformidade, não há interesse em fazer qualquer coisa com essas besteiras de cripto porque elas não respeitam a conformidade.”

O’Leary sugeriu um ativo cripto hipoteticamente "regulado", baseado em duas ou três moedas fiduciárias proeminentes como o Dólar, o Yen, e o Euro ou o Franco Suíço.

Com esse ativo, O'Leary afirma que seria possível comprar ações, pagar dívidas e impostos e também converter de volta para a moeda fiduciária original. Quando se trata de criptomoedas tradicionais, O'Leary disse que não quer possuir nenhuma:

“Toda essa falta de conformidade... Eu não quero me envolver com um traficante de drogas negociando Bitcoins de algum lugar. Não quero ter nada a ver com isso.”

O cofundador e CEO da Circle Jeremy Allaire desafiou O’Leary a apontar quais intermediários entre o ecossistema cripto e bancário são regulados:

“A indústria cripto é regulada nos EUA desde 2013. Se você quer estar entre o sistema bancário e de criptomoedas, você tem de ser licenciado como uma insituição financeira.”

O’Leary concluiu dizendo que, já que há não é possível pagar impostos com criptomoedas, então elas são "moedas trapaceiras".

O apresentador de TV havia expressado seu pessimismo sobre os ativos cripto. Em maio, ele disse que acredita que o Bitcoin (BTC) é uma moeda inútil, já que as pessoas que aceitam-na querem proteger-se contra sua volatilidade.

Preocupações sobre clareza e conformidade regulatória também são compartilhadas pela comunidade de criptomoedas. Nos Estados Unidos, os reguladores estão trabalhando para definir melhor os ativos digitais, com objetivo de promover o desenvolvimento da indústria. Em abril, representantes da Câmara dos Representantes reintroduziram o Token Taxonomy Act, que visa fornecer diretrizes mais claras para as empresas de blockchain e criptografia.