Torcedores do Juventus escolhem nova música da torcida através de plataforma blockchain

Os fãs do clube italiano de futebol Juventus usaram a plataforma Socios para votar na música que será tocada quando marcarem um gol em seu estádio.

A votação marcou a primeira pesquisa realizada no Socios, uma plataforma tokenizada para os torcedores e um caso de uso real do token JUV, de acordo com uma publicação em 6 de janeiro. Após a enquete iniciada em dezembro, os fãs escolheram o Song 2 do Blur como a nova música que tocará no Allianz Stadium da Juventus toda vez que o time marcar um gol.

Dar voz aos fãs de todo o mundo

O blog observou uma inclusão efetiva dos participantes na pesquisa, com milhares de fãs de todo o mundo participando da votação. Alexandre Dreyfus, CEO da Socios, conversou com o Cointelegraph sobre a importância do evento na história, dizendo:

"Até agora, a maioria dos tokens de utilidade que vimos eram sobre protocolo. Pela primeira vez, você pode ver a utilidade de um ativo baseado em blockchain que é usado na vida real. É um estágio muito inicial e isso foi uma estreia, mas aconteceu. Usamos a blockchain por 2 razões: estamos criando uma quantidade limitada de 'Fan Tokens', que são tokens ERC20 na cadeia Chiliz Proof of Authority por enquanto, que da voz aos fãs em todo o mundo, mas também usamos blockchain para a justiça e a transparência dos votos.”

Planos para expansão adicional

Dreyfus revelou que a Socios - que roda na blockchain Chiliz, usando seu token CHZ nativo - está se preparando para realizar pesquisas semelhantes com outros clubes de futebol, incluindo Paris Saint-Germain, Atlético de Madrid, Galatasaray, West Ham e AS Roma, nos próximos anos. Além disso, a Socios expandirá a opção de votação de token para as equipes.

Quando perguntado o que isso significa para a adoção convencional da tecnologia blockchain, Dreyfus estipulou que os tokens reais de utilidade convencional estão longe da narrativa do Bitcoin (BTC) e dos pagamentos. “Esse é o uso da blockchain para algo que não é pagamento e que foi concebido exclusivamente por causa da blockchain. Não estamos substituindo algo que existia antes, criamos um novo uso e ao mesmo tempo uma inovação (token de fã, influência, etc ...) e usamos a blockchain para apoiá-la ”, disse Dreyfus.

Esportes na blockchain

O token de marca Juventus passou por um desenvolvimento de um ano antes de ser lançado oficialmente em 2 de dezembro de 2019. O preço inicial do token era de 2 euros (US$ 2,22 na época) por token, enquanto uma quantidade limitada de tokens gratuitos estava configurada para ser disponibilizada por meio do recurso de realidade aumentada do aplicativo Socios.com, "Token Hunt".

Em outubro passado, o time de basquete Sacramento Kings, da NBA, fez uma parceria com a CryptoKaiju para lançar criptomoedas. Cada item colecionável é apoiado por um token, o que significa que não há dois iguais.

Como o Cointelegraph relatou em setembro de 2018, o clube de futebol francês Paris Saint-Germain fez uma parceria com o Socios.com para também lançar um ecossistema de token.