Descoberto que apenas uma única pessoa possa ter causado o salto da Bitcoin de $150 para $1000 em 2013

Um artigo recente sobre a manipulação de preços da Bitcoin (BTC) mostrou que apenas um interverte foi provavelmente o responsável por conduzir o preço da Bitcoin de $150 a $1000 em 2013.

O artigo com co-autoria de Neil Gandal, JT Hamrick, Tyler Moore e Tali Oberman, examina a atividade comercial suspeita que ocorreu no agora desaparecido Mt. Gox (agência de câmbio digital) e afirma também que correlacionou-se com o forte aumento da taxa de câmbio USD-BTC no final de 2013:

"A taxa de câmbio USD-BTC aumentou em média 4% nos dias em que os negócios suspeitos ocorreram, em comparação com um ligeiro declínio nos dias sem tais atividade suspeita".

A atividade suspeita consistiu principalmente em dois "bots", Markus e Willy, que usavam bitcoins que não possuíam de fato para realizar o que parecia ser um comércio válido. Essas transações fraudulentas foram incluídas no volume geral de negociação pela agência Mt.Gox, mostrando uma quantidade maior do que o normal das atividades de negociações e, assim, levando o público a começar a transacionar legitimamente.

O artigo postula que o uso do bot Willy e seus negócios foram adicionalmente utilizados para cobrir um ataque anterior no Mt. Gox:

"Uma teoria, inicialmente adotada em um post de Reddit pouco depois do colapso da Mt.Gox (Anonymous, 2014b), é que hackers roubaram um grande número (aproximadamente 650.000) de bitcoins do Mt. Gox, em Junho de 2011, e que o proprietário da exchange Mark (Karpeles) tomou medidas extraordinárias para cobrir a perda por vários anos ".

A manipulação de preços que ocorreu no início do cripto mercado da Bitcoin e a possibilidade de isso acontecer de novo é devido ao mercado relativamente estreito de criptomoedas que os deixa vulneráveis a também das altas flutuações de preços.

O presidente Jay Clayton, da Securities and Exchange Commission (SEC) nos EUA, fez um discurso em Novembro alertando sobre o alto potencial de manipulação de preços no mercado de ofertas iniciais de moedas (ICO). Em Agosto de 2017,

a Cointelegraph informou sobre um interveniente anônimo, conhecido como Spoofy, que manipulou os mercados da Bitcoin por "spoofing" (licitação ou oferta com a intenção de cancelar antes da sua execução) grandes quantidades de bitcoins.

Spoofy, que também se dedicou ao comércio ilícito de lavagem de dinheiro ou a compra e venda para si mesmo, tem manipulado com sucesso os preços principalmente na agência de câmbio digital Bitfinex que, por sua vez, influencia o todo o mercado devido ao valor muito reduzido de criptomoedas que são negociadas.