Julian Assange incita doadores a usarem criptomoedas e frustar o governo

Julian Assange, fundador do Wikileaks e exilado internacional, pediu aos doadores que contribuam para a publicação on-line usando criptomoeda para evitar o bloqueio financeiro por governos nacionais. Sua fundação agora aceita pagamentos em BitcoinLitecoinMonero e ZCash.

O exilado Assange tornou-se uma espécie de incentivador público do Bitcoin e outras criptomoedas seguindo uma série de tuítes que expressavam sua aprovação geral do modelo de moeda digital descentralizada em oposição aos controles governamentais.

Julian Assange 🔹 diz: É exatamente para isso exatamente que o Bitcoin foi projetado. O WikiLeaks o usou para vencer o bloqueio (ilegal) contra nós também, a partir de 2011.

Um tópico recente inclui uma série de anúncios sobre os controles atuais dos EUA sobre as doações ao Wikileaks:

Julian Assange 🔹 diz:1/Bloqueio bancário 2.0: - Descobrimos um argumento incrível da inteligência dos EUA contra a fundação, que fornece aos doadores do @WikiLeaks a dedutibilidade fiscal na UE (Wau Holland Stiftung). Ele vem depois da nossa série na CIA, #Vault7. Na imprensa na semana que vem.

O crescimento do Bitcoin e outras criptomoedas forneceu um retorno substancial para Assange, que recentemente agradeceu o governo dos EUA por forçá-lo a entrar no método de pagamento alternativo. A realidade de que as criptomoedas podem ajudar a ignorar os controles governamentais levou muitos a sugerir que regulamentos sobre as moedas digitais são inevitáveis.


Siga-nos no Facebook