Empresa do portfólio da JP Morgan firma parceria com startup de blockchain de ex-executivo da Deloitte

A Smartrac, empresa de serviços digitais do portfólio da JP Morgan, anunciou em um tweet nesta terça-feira, 22, uma parceria com a SUKU Ecosystem, startup de blockchain capitaneada pelo ex-executivo da Deloitte Eric Piscini. 

A SUKU, que tem como matriz a empresa blockchain Citizens Reserve, fornecerá sua plataforma para integrar-se à cadeia de suprimentos da Smartrac. A Smartrac é um fabricante de inlay de identificação por radiofrequência (RFID) sediada nos Países Baixos.

A Citizens Reserve teria liberado a versão alfa da SUKU no outono passado. A SUKU é uma cadeia de suprimentos como uma plataforma de serviços baseada na tecnologia blockchain.

Piscini, CEO da Citizens Reserve, disse que a nova parceria visa resolver os principais problemas relacionados à digitalização da cadeia de suprimentos. Para ele, a nova integração com a blockchain irá melhorar o rastreamento, a segurança e a transparência em toda a cadeia. Dinesh Dhamija, CTO da Citizen Reserve, declarou:

"A combinação dos recursos de capacitação digital da Smartrac com a plataforma SUKU da Citizen Reserve fornecerá uma identidade exclusiva para cada produto físico, com uma solução de cadeia de fornecimento transparente e acessível."

A Smartrac é especializada em Internet das Coisas (IoT) e é a maior fornecedora mundial de inlays para passaportes eletrônicos. Em julho de 2018, a gigante global de e-commerce Alibaba adquiriu ações da Smartrac, enquanto o JP Morgan se manteve como o maior acionista.

A Deloitte, uma das 'Big Four' em auditoria e consultoria, incluiu recentemente a tecnologia blockchain em seu relatório Tech Trends 2019, enfatizando sua natureza disruptiva e declarando a tecnologia como a "heroína anônima do nosso futuro digital".