John McAfee oferece expertise em segurança digital a CEO da Binance para resolver recente hack da exchange

O pioneiro da segurança cibernética John McAfee ofereceu ajuda ao CEO da Binance, Changpeng Zhao, para enfrentar o hack ocorrido na exchange esta semana. McAfee fez o comunicado em um tweet de 10 de maio.

McAfee, que costuma ser alvo de piadas na indústria de criptomoedas por suas alegações bombásticas, disse no post que US$ 40 milhões em bitcoins roubados não são brincadeira, e afirmou:

“Se eu puder ajudar, por favor me avise. Por baixo do meu traje de palhaço ainda sou um dos especialistas em segurança cibernética mais experientes do planeta. Eu faço isso há 51 anos. Estou ao seu dispor."

A oferta de John McAfee foi boa o suficiente para a CZ, que respondeu ao especialista em segurança cibernética com um tweet mostrando emoticons de apertos de mão e complementou:

"Adoraria escolher seu cérebro para isso. Vou te enviar uma DM (mensagem direta) e marcar um tempo."

John McAfee é um pioneiro em segurança cibernética que fundou a empresa de software antivírus McAfee nos anos 80. Mais tarde, vendeu-a por bilhões de dólares e, desde então, distanciou-se da marca que leva seu nome. Mais recentemente, ele ficou conhecido por ser procurado pela da Receita Federal dos EUA por alegada evasão fiscal.

As motivações de McAfee estariam na indústria de software de segurança cibernética, ao convocar seus “colegas de segurança cibernética” de forma mais ampla e, mais especificamente, ao Kaspersky, um rival feroz de John McAfee e sua ex-empresa. John complementou:

"Os hackers são os magos das trevas da nossa época. Agora é a hora de meus colegas de cibersegurança provarem que são os magos das pessoas. Eu desafio meu concorrente incrível e temeroso de uma só vez - Kaspersky - a se unir a mim para oferecer suporte à Binance. E todo o resto de vocês."

O pedido de ajuda ressoou na comunidade de criptomoedas, atraindo algumas figuras raras dos seguidores da McAfee no Twitter. Um desses usuários, Tommy Mustache, que tem mais de 12.000 seguidores no Twitter, falou por muitos quando twittou: “Um ataque em um é um ataque a todos nós, John. Obrigado por entrar em contato para ajudar! Por favor, encontre uma maneira de ajudar a encontrar esses hackers e levá-los à justiça para toda a comunidade de criptomoedas. ”

A McAfee não foi a única pessoa que ofereceu suporte para a CZ. O CEO da Tron, Justin Sun, estava disposto abrir seu caixa para substituir os US$ 40 milhões em Bitcoins que Binance perdeu no hack. CZ graciosamente recusou, já que o fundo SAFU da exchange, criado justamente para cobrir esse tipo de situação, tem o suficiente para cobrir a perda.