LINE, aplicativo de mensagens popular do Japão, lança sua própria criptomoeda

A gigante japonesa de mensagens sociais LINE lançou sua própria criptomoeda e blockchain interno, de acordo com um anúncio divulgado hoje, em 31 de agosto.

A LINE revelou que o bloco genesis de sua nova mainnet, a rede LINK, foi gerada em 23 de agosto. A empresa descreve a mainnet como uma rede blockchain “orientada a serviços” que permitirá que aplicativos descentralizados (dApps) sejam diretamente aplicados à plataforma de mensagens da LINE.

A empresa planeja emitir um total de 1 bilhão de tokens LINK para os usuários de sua plataforma, dizendo que manterá 20% - ou 200 milhões de tokens - como reserva da empresa. Os tokens serão usados ​​como meios de pagamento para vários serviços da LINE.

De acordo com o anúncio, os novos tokens estão sendo emitidos por uma subsidiária localizada em Cingapura, chamada LINE Tech Plus PTE, que a LINE estabeleceu no início deste ano.

Em vez de uma Oferta Inicial de Moedas (ICO), os novos tokens serão distribuídos por meio de um sistema de recompensas que compensa os usuários com LINK sempre que eles usam determinados serviços no ecossistema LINE. Por exemplo, a empresa afirma que o LINK será concedido para incentivar o uso dos serviços dApp que vão ser lançados em breve pela LINE. O livro branco da LINE sobre economia de token indica que os dois primeiros dApps serão lançados em setembro e mais de 10 no primeiro trimestre de 2019.

Além de receberem tokens como incentivos, os usuários internacionais poderão negociar o LINK na casa de câmbio de criptomoedas BITBOX recentemente lançada pela LINE a partir de setembro. O anúncio observa que, como a BITBOX ainda não recebeu uma licença oficial de operação da Agência de Serviços Financeiros do Japão (FSA), os usuários domésticos não poderão inicialmente usá-la para negociar e adquirir os tokens.

Como a Cointelegraph relatou, a LINE anunciou a criação de um fundo de capital de risco blockchain de US $ 10 milhões no início deste mês, com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento e adoção de criptomoedas e tecnologia blockchain.