Vale-presente na blockchain é lançado pelo maior especialista nesse setor do Japão

A maior plataforma de vales-presente do Japão, a Amaten, emitirá cartões-presente tokenizados em parceria com o provedor de rede blockchain Aelf.

A Verdict informou em 20 de agosto que a Amaten fez uma parceria com a Aelf - uma das 30 provedoras de blockchain certificados pelo Instituto de Padronização de Tecnologia de Eletrônica da China - para emitir vales-presente na blockchain.

A Amaten planeja construir sua estrutura sobre a plataforma da Aelf para armazenar seus vales-presente, permitindo que eles sejam trocados e gerenciados na blockchain.

Cartões de presente e blockchain: "um ajuste completamente natural"

Essa iniciativa permitirá o rastreamento de vales-presente de rastreamento de seus emissores para o cliente, o que se espera que diminua a fraude.

O atual sistema de cartões-presente nunca evoluiu para se equiparar ao mundo digital atual, diz o presidente da Amaten, Tom Kanazawa.

“Esse sistema ainda sofre de deficiências fundamentais básicas e é muito inconveniente. Eu acredito que a indústria de vales-presente pode ser um caso de uso perfeito para a blockchain. Os dois têm um ajuste completamente natural”.

A Verdict afirma que a indústria de vales-presente é atualmente de US$ 340 bilhões globalmente e US$ 21 bilhões no Japão. Embora a Amaten pretenda lançar inicialmente a plataforma no Japão, a empresa também planeja se expandir para o exterior, primeiro na Coreia e na China, mas ainda mais longe.

A Crunchbase afirma que a Amaten “é atualmente o maior mercado de cartões-presente no Japão, com 70% de participação no mercado no país. Mais de 70.000 usuários registrados.” Além disso, a Verdict também afirma que a empresa tem uma receita anual de US$ 110 milhão.

Como o Cointelegraph reportou em julho, a importante carteira e exchange de criptomoedas norte-americana Coibase entrou no mercado de cartões de presente cripto, permitindo que os clientes em certos países troquem moedas por certificados eletrônicos de marcas.