Empresa japonesa de serviços financeiros investe US$ 4,6 milhões na exchange Huobi Japan

A empresa japonesa de serviços financeiros Tokai Tokyo Financial Holdings investirá cerca de 500 milhões de ienes (quase US$ 4,6 milhões) na filial japonesa da exchange de criptomoedas Huobi.

De acordo com um comunicado de imprensa divulgado em 26 de dezembro, o investimento faz parte de uma colaboração mais ampla com a Huobi Japan, na qual a Tokai adquirirá ações da exchange. A Tokai ainda não respondeu ao pedido do Cointelegraph para obter detalhes sobre a aquisição de ações. Este artigo será atualizado assim que mais informações surgirem.

A Tokai pretende usar a parceria com a Huobi para promover novos negócios nas áreas de ativos digitais, ofertas iniciais, emissão em moeda local e serviços de gerenciamento e armazenamento de criptomoeda.

De acordo com o site de notícias financeiras Financial Times, a Tokai Tokyo Financial Holdings registrou uma receita de 57,57 bilhões de ienes japoneses (US$ 252,5 milhões) nos últimos 12 meses.

A empresa declarou que sua nova parceria faz parte de um esforço mais amplo para adotar tecnologias novas e emergentes, como a blockchain, como parte de seu plano de desenvolvimento de negócios. 

Foco no oriente

A subsidiária japonesa da Huobi, Huobi Japan Holdings, adquiriu uma participação majoritária na exchange BitTrade em setembro de 2018. A empresa mudou o nome da BitTrade para Huobi Japan em fevereiro de 2019 e continua a facilitar o comércio de criptomoedas.

Aparentemente, a Huobi está concentrando seus esforços de negócios no oriente, uma vez que recentemente cessou as operações de sua plataforma de comércio baseada nos Estados Unidos. A exchange explicou que o ambiente regulatório local forçou a empresa a proibir os americanos de acessar seus serviços.

As exchanges de criptomoedas estão cada vez mais alavancando parcerias para expandir suas operações e diversificar seus modelos de receita. No início deste mês, a Binance, principal exchange de criptomoedas, anunciou que fez uma parceria com a Paxful, plataforma de negociação de criptomoeda P2P para vender bens e serviços e aceitar 167 moedas fiduciárias.