O gigante do comércio virtual do Japão lança casa de câmbio com 7 opções

O conglomerado de comércio eletrônico japonês DMM Group lançou um câmbio de criptomoedas chamado DMM Bitcoin em um segundo mercado de investimentos.

Após o lançamento de sua mineradora em setembro de 2017, a DMM abriu formalmente seu caderno de pedidos de câmbio na quinta-feira, 11 de janeiro, oferecendo sete criptomoedas e 14 pares de negociações.

O Bitcoin da DMM possui uma base de 27 milhões de clientes em potencial vindos de dentro da DMM além dos de fora. Atualmente estão em oferta o Bitcoin, Ethereum, Litecoin, NEM, Ripple, Ethereum Classic e o Bitcoin Cash.

O anúncio da bolsa da empresa promete benefícios promocionais para inscrições antecipadas, incluindo um crédito da conta de 1.000 ienes e operações selecionadas sem taxas.

O projeto estava em desenvolvimento por vários meses e vem na mesma hora em que o Japão continua a cimentar seu status como o novo centro de negociações de criptomoedas do mundo.

Comentando o lançamento, o podcast em inglês Thinking Crypto prevê que demoraria cerca de uma semana para que o volume da nova bolsa seja refletido nos preços.

Cripto no Japão

As casas de câmbio de criptomoedas tornaram-se grandes negócios para a economia japonesa ao longo dos últimos seis meses, com a introdução de um esquema de licenciamento que atraiu um interesse considerável.

Os especialistas também estão conscientes dos benefícios que a Bitcoin traz para a cultura do consumo. No mês passado, os analistas da Nomura, até mesmo sugeriram que o Bitcoin estava adicionando 0,3 por cento ao PIB do Japão.


Siga-nos no Facebook