Japão considera lançar o J-Coin, eliminando o dinheiro vivo antes das Olimpíadas de Tóquio de 2020

Os bancos no Japão estão considerando criar uma moeda digital, o J-Coin, destinada a eliminar o dinheiro vivo como opção de pagamento. A notícia saiu um artigo indicando que a moeda está sendo planejada, com a benção dos reguladores financeiros, antes dos Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio e tem como objetivo racionalizar o sistema financeiro.

Recentemente, o Japão voltou a se tornar o maior mercado de câmbio Bitcoin com uma participação de mercado de 50,75 por cento no mercado de câmbio global da Bitcoin.

Mas o Japão atualmente está funcionando como uma economia de dinheiro vivo de 70% - um valor que supera em grande parte a maioria das nações desenvolvidas, nas quais as transações digitais tomaram o lugar do dinheiro. Essas transações em dinheiro criam muito mais custo no mundo financeiro do que as transações digitais.

J-Coin ou Iene?

O J-Coin destina-se a funcionar em conjunto com o iene, em vez de substituí-lo. A moeda seria trocada em uma relação de um para um. O serviço para a moeda seria oferecido gratuitamente, mas seria um meio de rastrear transações muito mais complexas em uma sociedade baseada em dinheiro.

A moeda provavelmente verá lançamento nos próximos anos, embora a infraestrutura do sistema ainda não esteja clara. Pode ser baseado na tecnologia Blockchain, mas as especificações ainda não foram lançadas. Relatórios recentes do Banco do Japão indicam que não considera a tecnologia Blockchain "madura" o suficiente para lidar com transações.

A sugestão de uma criptomoeda do governo vai em linha com a idéia de que os governos de todo o mundo estão buscando começar suas próprias criptomoedas proprietárias.


Siga-nos no Facebook