Investigação do IRS na Coinbase poderia Estreitar seu Escopo após Críticas

A investigação do Serviço Interno de receitas dos EUA (IRS na sigla em inglês) na Coinbase poderia diminuir de tamanho, sugerem algumas fontes.

O caso corrente sobre o desejo do órgão regulador de inspecionar os registros de clientes da Coinbase para fins de recolhimento de impostos tem indignado a comunidade das criptomoedas desde o ano passado.

Enquanto tanto a Coinbasequanto o Congresso criticaram fortemente as checagens propostas como "excessivamente amplas", o IRS continua a solicitar o sistema legal para permitir acesso irrestrito aos registros de transações de 2013 a 2015.

Agora, parece que a escala de investigação poderia "estreitar-se". diz um relatório da Fortune citando atualizações do jornal legal The Recorder.

"A juíza do julgamento DOJ, Amy Matchison, disse em uma audiência judicial perante a Magistrada Jacqueline Scott Corley na quinta-feira, que o IRS esteve em negociações com a Coinbase sobre como restringir seu pedido para apenas itens que a agência precisasse se atentar a renda não declarada", afirmou a publicação na semana passada.

O movimento mostra um luz no final do túnel para a equipe sitiada da Coinbase, que está lidando simultaneamente com uma série de problemas técnicos e queixas de usuários associados.

Mais recentemente, três transações no total de US$ 266.000 estavam "perdidas" no fim da empresa, com clientes cujos tickets de suporte foram ignorados, tendo que recorrer a plataforma de redes sociais Reddit para chamar a atenção da equipe.


Siga-nos no Facebook