Intel e multinacional de software SAP fazem parceria em iniciativa de desenvolvimento de Blockchain empresarial

A Intel e a multinacional de software SAP anunciaram que estão unindo forças para resolver as “lacunas no mercado” em busca de soluções que potencializem os sistemas corporativos de blockchain, segundo uma postagem oficial da Intel publicada em 4 de setembro.

A Intel e a SAP escrevem que a colaboração de 25 anos em plataformas de infraestrutura corporativa foi expandida recentemente para abranger as tecnologias de blockchain, encabeçada pela criação de um consórcio blockchain da indústria global liderado pela SAP.

O post descreve as iniciativas de blockchain de ambas as empresas até o momento, algumas das quais visam tornar a tecnologia interoperável com o SAP HANA Data Management System, no qual ambas as empresas trabalharam juntas para desenvolver.

O adaptador SAP HANA Blockchain se integra ao recém-lançada Cloud Platform Blockchain da SAP e permite que os clientes SAP “consumam e construam dados blockchain no SAP HANA usando uma interface SQL e comandos SQL padrão — tanto no local quanto na nuvem”.

A SAP também lançou um Blockchain-as-a-Service (BaaS) na Plataforma de Nuvem Blockchain da SAP, que permite aos clientes integrar dados corporativos e de blockchain usando um modelo pay-as-you-go.

A Intel, por sua vez, destaca sua tecnologia de processador que, segundo ela, pode oferecer capacidade e velocidade para servir como base para uma série de aplicativos blockchain. Além disso, afirma no post que o seu Intel Software Guarda Extensions (Intel SGX) pode aumentar a segurança para o código-fonte blockchain e dados e ajudar a melhorar a eficiência de processamento e consenso.

O post descreve a colaboração da SAP e da Intel com outras partes — incluindo UPS, Flex e HPE — para criar uma solução de prova de conceito de gerenciamento de cadeia de fornecimento baseada em blockchain, apelidada de International Trade.

Outros esforços relacionados ao blockchain da SAP e da Intel incluem estudos que analisam as métricas do blockchain para lidar com gargalos de rede que podem levar a problemas de throughput lentos. Ambas as empresas estão lidando com configurações de hardware específicas, na tentativa de definir parâmetros para criar “padrões técnicos para casos de uso de blockchain individuais”, observa o post.

Como a Cointelegraph reportou, a Intel tem se concentrado neste verão em pesquisa de privacidade em parceria com a plataforma de aplicativos descentralizados (DApp) Enigma, enquanto a última se prepara para lançar seu testnet blockchain. A Intel também tem uma série de parcerias relacionadas a blockchain, abrangendo vários setores, incluindo assistência médica, e também colaborou com a empresa de hardware de moeda virtual Ledger.