Inovação para viajar no Blockchain

As reservas de viagem nos EUA têm sido basicamente dominada por duas grandes empresas, Expedia e Priceline (que possuem todos os outros sites principais). Mas a tecnologia Blockchain está prestes a mudar tudo isso através de um novo sistema sem fins lucrativos oferecido pela TravelChain.

A empresa anunciou que proporcionará aos usuários uma metodologia para reservar viagens que ignorarão o atual monopólio de viagens nos EUA. O conceito é usar o Blockchain para incentivar seus usuários a publicar comentários sobre viagens usando TravelTokens, a criptomoeda interna do sistema.

O anúncio foi seguido pela apresentação da plataforma aos participantes no BlockShow Asia este ano. A equipe cunhou o termo 'travelution' - uma revolução na forma como ocorre a viagem. O anúncio foi uma declaração na plataforma, e as muitas maneiras como ela irá mudar como as viagens e recompensas são ganhas e distribuídas.

"Evento incrível, o melhor em que já participamos! Pessoas boas, boa organização, muitos contatos importantes e reuniões. Conseguimos conhecer dois novos conselheiros (um deles Christoph Herring do comitê de Bitshares) e falar com muitos investidores", comentou a TravelChain sobre sua experiência na conferência BlockShow Asia 2017.

Pic

Passando o Ethereum

Em vez de lançar o sistema no Ethereum, como a equipe da TravelChain pretendia, eles decidiram usar sua tecnologia Blockchain interna baseada em grafeno. A esperança é que este sistema forneça transações mais suaves e mais rápidas, particularmente devido à enorme desaceleração do Ethereum Blockchain.

Os TravelTokens podem ser convertidos em moedas fiduciárias em casas de câmbio ou usadas no sistema. O principal benefício para a indústria será um sistema que é livre de dominação por empresas com fins lucrativos. Além disso, como a plataforma é uma rede peer-to-peer, proporcionará interação direta entre os usuários, efetivamente batendo o Airbnb em seu próprio jogo.