Índia terá 30% de desconto no petróleo bruto venezuelano se for pago em Petro, diz fonte local

 

A Venezuela concederá à Índia 30% de desconto em petróleo bruto, mas somente se a Índia usar a moeda estatal Petro, segundo um artigo publicado ontem, 29 de abril, pelo site indiano de notícias Business Standard.

As notícias sobre o desconto vêm do CEO da Coinsecure, Mohit Kalra, que disse ao Business Standard que a oferta havia sido apresentada por uma equipe do departamento blockchain da Venezuela na Índia no mês passado:

“Eles estão indo para diferentes países e fazendo ofertas. A oferta que eles deram ao governo indiano é: você compra a Petro e nós lhe daremos um desconto de 30% nas compras de petróleo.”

O Business Standard informa que a Coinsecure venderá a Petro na Índia após negociações com a equipe de blockchain venezuelana. De acordo com Kalra, a Coinsecure também fornecerá soluções de rótulo branco para a Venezuela, o que significa que todos os traders cripto precisarão negociar em suas bolsas:

“Isso seria administrado pelo nome da marca, mas o back-end será nós. Nós planejamos fornecer a eles 10-15 investidores de criptomoedas.”

Um funcionário venezuelano “indicou que recebeu resposta do setor privado na Índia”, observa o Business Standard.

O Petro, que foi lançado em 20 de fevereiro em uma pré-venda que terminou em 19 de março, levantou questões internacionalmente sobre seu uso na economia global, especialmente no que diz respeito às sanções econômicas impostas ao país.

O Business Standard observa que o Petro teria arrecadado mais de US$3,8 bilhões, com mais de 127 países participando da pré-venda.