Índia se joga no Bitcoin: Zebpay adicionará 500k de usuários mensalmente até 2018

A casa de câmbio indiana de Bitcoin Zebpay está adicionando 200 mil usuários por mês e visa o meio milhão até o final de 2017.

Em uma entrevista para a Forbes India, a casa de câmbio, que é um dos "grandes nomes" do país em Bitcoin junto com a Unocoin e Coinsecure, descreveu a recente transformação do mercado como "louca".

"Está muito louco agora. Mas quando começamos a Zebpay não tínhamos ideia de que o preço dispararia", comentou o CEO e cofundador da Zeb Ventures, Saurabh Agrawal. "Estávamos aqui para construir um modelo de negócios e não jogar o jogo de avaliação".

Em setembro, a Zebpay passou de 1 milhão de downloads de seu aplicativo móvel para negociação de Bitcoin, apenas três meses após a marca de 500 mil em maio.

A Unocoin reportou sucessos similares, com os indianos cada vez mais se voltando para a interação do Bitcoin em face de terremotos cambiais e resgates bancários.

Na quarta-feira, a Cointelegraph informou que o governo indiano forneceria ajuda ao seu setor bancário em dificuldades no valor de US $ 32 bilhões, ou 1,3 por cento do seu PIB.

"Estamos adicionando 2 lakh de usuários por mês", acrescentou o companheiro cofundador Mahin Goenka. "Depois de dois meses, vamos estar adicionando 5 lakh de usuários por mês".

A Zebpay só oferece permuta através do seu aplicativo e não possui um site de câmbio.

Ao mesmo tempo, as plataformas de negociação alternativas, como a p2p Localbitcoins, continuam a se expandir, a semana que termina em 21 de outubro sendo a quinta mais movimentada do mercado indiano desde que começou a operar em 2013. 54,1 milhões de rúpias (US $ 834,000) mudaram de mãos ao longo dos sete dias.


Siga-nos no Facebook