Como fundos de cobertura ajudam o Bitcoin a alcançar novos níveis

Embora possa haver uma grande divisão em Wall Street quando se trata de Bitcoin, não há dúvidas sobre o papel que os motores de investimento e os investidores institucionalizados tiveram para ajudar a impulsionar o preço da moeda digital.

No entanto, como é a natureza dos banqueiros e investidores frequentemente cautelosos em Wall Street, ele precisaram de seu próprio impulso nos últimos tempos para vir a bordo do foguete em direção à lua que é o Bitcoin. Esse impulso veio na forma dos muito familiares fundos de cobertura.

Alimentando o fogo

Houve uma série de fatores contribuintes que viram o Bitcoin saltar mais de 600% no ano até o momento, de diferentes regulamentos e abordagens de abrandamento de certas nações à mudanças no software e o hype popular. No entanto, muito do dinheiro que entrou veio de Wall Street.

Os investidores institucionalizados estão buscando os fundos de cobertura para capitalizar o preço disparado. E muitas dessas coberturas só vieram no ano passado, visando principalmente as moedas digitais.

A estimativa de crescimento em fundos de cobertura simples baseados em moeda digital é que eles passaram de cerca de 30 para 130 somente neste ano.

Há também fundos de cobertura gerais que estão comprando criptomoedas, sendo o mais famoso nada mais que o principal fundo de cobertura de Bill Miller.

Influência do CME

Outro grande passo para a legitimidade do Bitcoin junto aos ricos banqueiros de investimento foi quando o Chicago Mercantile Exchange anunciou na semana passada que iria lançar um contrato de futuros do Bitcoin nos próximos meses.

Grande parte do negócio

Bobby Cho, o principal comerciante de uma grande empresa comercial do Bitcoin, a Cumberland, disse que depois de anos de hesitação, os investidores institucionais agora representavam a maior parte de seus negócios.

"A grande maioria das negociações que fazemos é com as instituições", disse Cho. "A educação e a pesquisa se transformaram em atividade da vida real".

Kevin Zhou, cofundador da firma comercial Galois Capital, disse que era mais provável que os fundos de cobertura retirassem muito dinheiro ao mesmo tempo do que os pequenos investidores e que o Bitcoin ainda era pequeno o suficiente para que um único fundo pudesse fazer o preço cair bruscamente.

"Você poderia ter uma possível corrida aos bancos se um grande investidor se retirar e isso fará com que o preço despenque", disse Zhou. "Isso poderia causar uma enxurrada de retiradas".


Siga-nos no Facebook