Na dúvida Hodl: Binance revela que apesar do bear market Bitcoin valorizou mais de 200% desde 2017

Apesar do bear market que atingiu todo o mercado de Bitcoin e criptomoedas em 2018 o valor do Bitcoin teve um aumento de 200% desde dezembro de 2017 revelou uma pesquisa da Binance Research publicada em 14 de novembro pelo braço de pesquisas da maior exchange de criptomoedas do mundo.

Na publicação do relatório a Binance procura 'acalmar' os ânimos de novos investidores que entram no mercado de criptomoedas e não estão acostumados com a volatilidade do ativo, principalmente no atual momento em que o valor do BTC vem sendo negociado lateralmente com pequenas quedas que vem se acumulando a cada dia.

"Na dúvida, Hodl", diz a Binance.

 

Assim como a Binance recomenda paciência com relação ao preço do Bitcoin especialistas em análise gráfica tem recomendado o mesmo com relação aos movimentos no curto prazo pois o BTC tem registrado pouco movimento de preços nos últimos dias e recentemente ficou abaixo da marca de preço de US$ 8.600, marca considerada importante para a definição de padrões no curto prazo.

De acordo com Horus Hughes, o preço do Bitcoin perfurou o suporte de US $ 8.674 três vezes nos últimos 4 dias, aumentando a chance de o BTC revisitar os mínimos mais baixos em torno de US $ 8.480. Hughes acrescentou que, no caso de uma quebra de cunha, o preço do Bitcoin poderia cair ainda mais para US $ 7.862. No entanto, ele acha que, antes que esse cenário aconteça, é provável que os compradores entrem em torno de US $ 8.300 e US $ 8.000.

Como noticiou o Cointelegraph, o Bitcoin tem lutado para manter seu preço acima de US$ 9 mil e caso a principal criptomoeda do mercado não consiga manter seu patamar de valor acima de US$ 8.777, uma nova queda pode acontecer no curto prazo levando o valor do BTC perto de US$ 7 mil.

Confira mais notícias