Diretor de Hedge Fund e autor de best-sellers James Altucher diz que Bitcoin a US$ 1.000.000 pode não ocorrer em 2020

Parece que o entuisiasta do Bitcoin John McAfee não está sozinho na aposta de que o Bitcoin vai chegar a valer US$ 1.000.000. James Altucher, ex-gerente de hedge fund e autor de best-sellers, confirmou sua previsão de que a maior criptomoeda chegará a US$ 1 milhão, mas admitiu que o prazo para isso pode estar errado.

Altucher já fundou mais de vinte empresas e é autor dos best sellers "The Power of No" and "Choose Yourself". Seu ultimo livro, "Reinvent Yourself" figurou em primeiro lugar na lista da Amazon logo após ser lançado.

Altucher explicou a sua previsão para o preço do Bitcoin durante uma entrevista na News Kitco, publicação especialista em metais preciosos.

Ele fez sua primeira previsão no final de 2017, quando o BTC estava em torno de US$ 11 mil. Na época, ele disse ao Squawk Alley da CNBC:

"Eu diria 1 milhão de dólares até 2020, também, facilmente. Há 15 milhões de milionários em todo o mundo. Todos os seus consultores financeiros vão dizer: Ei, compre um Bitcoin. Você precisa de alguma exposição."

Quando questionado sobre essa afirmação durante a entrevista, Altucher ficou feliz em entrar em mais detalhes. A previsão tem como base a substituição das tradicionais moedas fiduciárias pelo Bitcoin, embora Altucher acredite isso não vai acontecer do dia pra noite. Calcula-se que haja US$ 200 trilhões de dólares em moeda existente e apenas US$ 200 bilhões em criptomoedas. Portanto, ele explicou:

"Isso é 100.000 por cento acima do momento atual. Ou seja, um fato como este poderia levar o Bitcoin a US$ 8 milhões. Pensando assim US$ 1 milhão é mesmo um caminho por onde o Bitcoin poderia eventualmente ir."

Em relação à data em que o ativo digital vai atingir a impressionante marca, Altucher disse não ter tanta certeza. O escritor acredita que pode demorar mais do que o dito sua primeira previsão, mas não descarta a hipótese de que isso pode ocorrer ainda em 2020.

Altucher acredita que em algum momento a moeda de algum país entrará em colapso, fazendo com que a população migre suas economias para o Bitcoin. Esse tipo de adoção em massa, juntamente com uma maior aceitação como pagamentos e eventual aprovação da SEC do ETF de Bitcoin será o catalisador do movimento, segundo o empresário.

Lugares como Argentina, Irã e Venezuela tem visto uma recente alta nos volumes de negociação de Bitcoin. Muitos acreditam que tal volume decorre do fato das moedas locais destes países terem entrado em colapso nos últimos meses.

Vários outros analistas fizeram previsões de que o Bitcoin vai atingir US$ 1 milhão. Como o executivo da IBM, Jesse Lund, que disse ao CEO da Xapo, Wences Casares, que previa que levaria de 5 a 10 anos para o ativo digital atingir a incrível marca.