Hackers transformam conta Twitter de organização sem fins lucrativos em conta promocional da Coinbase

A conta do Twitter de uma organização sem fins lucrativos belga foi evidentemente hackeada e transformada em uma falsa conta de afiliado da Coinbase, uma empresa de exchange cripto dos EUA. A conta atacada publicou o que parecia ser um golpe de promoção, supostamente celebrando o crescimento da base de usuários da Coinbase em um tuíte hoje, 9 de janeiro, que já foi excluído.

Os golpistas tinham como alvo a conta da Federação de Empresas na Bélgica (FEB), uma organização sem fins lucrativos que visa promover os interesses das empresas belgas.

Depois de assumir o controle da conta do Twitter da FEB, os golpistas mudaram a conta para parecer afiliada à Coinbase. A descrição da conta dizia "Conta Oficial de Promoção da Coinbase", e o perfil e as fotos da capa apresentavam a marca Coinbase, além de um link para o site oficial da Coinbase.

Os golpistas não conseguiram alterar o nome da conta do Twitter, que permaneceu como @VBOFEB, uma combinação das abreviações do nome da organização em holandês e francês.

Screenshot from the FEB’s hacked Twitter account impersonating a Coinbase promotion account, Jan. 9

By press time, Coinbase branding has been removed from the Twitter account, though retweets from Coinbase’s official account still remain in the account’s feed.

Screenshot da conta do Twitter da FEB no momento desta publicação, 9 de janeiro

O golpe de destribuíção postado hoje imita um modelo comum de cripto no Twitter, pedindo aos seguidores que enviem uma pequena quantidade de cripto para receber uma quantia maior. O tuíte dos fraudadores pediu aos usuários que participassem de uma oferta fraudulenta de 3.000 BTCs, supostamente em homenagem ao crescimento da base de usuários da Coinbase para "mais de 30.000.000 [sic] usuários".

Screenshot do tuíte fake Coinbase sobre o golpe de distribuição

Além do controle da conta do Twitter, outros sinais de que o tuíte e as contas eram uma fraude incluíam formatação inconsistente de números e erros gramaticais. A alegada base de usuários da Coinbase, de acordo com o tuíte, era de “30.000.000”, ou trinta mil, enquanto o comunicado também dizia: “Damos [sic] 3.000 BTC”.

Em outubro, Ran Neuner, apresentador do Crypto Trader, da CNBC, revelou que o número de contas de usuários da Coinbase havia chegado a 25 milhões naquele momento, com 600.000 usuários negociando ativamente na plataforma.

No momento desta publicação, a FEB não respondeu ao pedido de comentários da Cointelegraph.

Os golpes relacionados à cripto no Twitter envolvem frequentemente golpistas que se passam por grandes nomes da indústria, como Charlie Lee ou Elon Musk, alterando sutilmente caracteres no nome da conta original para enganar os usuários.