Goldman Sachs contrata negociante de cripto como vice-presidente de ativos digitais "em resposta ao interesse do cliente"

A Goldman Sachs contratou o trader de cripto Justin Schmidt como vice-presidente de mercados de ativos digitais de sua divisão de títulos para ajudar os clientes a navegar pelas criptos, informa a Bloomberg hoje, 23 de abril.

Schmidt, que possui um Mestrado em Ciência da Computação no MIT, já havia trabalhado nas instituições financeiras WorldQuant LLC, LMR Partners e Seven Eight Capital. Seu LinkedIn o mostra laconicamente como trabalhando em “Cripto” desde 2017.

A porta-voz da Goldman Sachs, Tiffany Galvin-Cohen, disse em comunicado que “em resposta ao interesse do cliente em vários produtos digitais, estamos explorando a melhor forma de atendê-los no espaço [...] Não chegamos a uma conclusão sobre o escopo de nossa oferta de ativos digitais”.

Rumores de que a Goldman Sachs estava pensando em abrir um balcão de negociação de cripto foram refutados pelo CEO Lloyd Blankfein em janeiro deste ano, mas o banco possui uma participação em um destes desde 2015.

Mais recentemente, ex-executivos da Goldman Sachs deixaram o banco tradicional financeiro para participar de negócios relacionados à criptomoeda. Um ex-vice-presidente da Goldman Sachs juntou-se à Blockchain.com, carteira de cripto, na semana passada, e outro executivo da Goldman Sachs teria saído para se juntar ao ex-comerciante de Wall Street e agora nas criptos, Mike Novogratz, no início deste mês.