Goldman Sachs: Preço do Bitcoin numa posição doce. Olhos nos US$ 4.000 em 2017

Sheba Jafari, chefe de estratégia técnica da Goldman Sachs, recentemente revelou em uma nota à Business Insider que espera que o preço do Bitcoin cresça para US$ 3.915 e ir para a região dos US$4.000 neste ano.

Análises técnicas das tendências do preço do Bitcoin são geralmente imprecisas devido ao grande número de variáveis que podem potencialmente afetar o preço do Bitcoin em um períodode tempo relativamente.

Why Bitcoin Price is Likely to Hit New All-Time Highs in 2017

Por que o preço do Bitcoin provavelmente chegará a recordes históricos em 2017: Coreia do Sul pode legalizar o Bitcoin em 2017; Japão eliminou taxa de consumo no Bitcoin, negociações de Bitcoin sobe; China está para legalizar completamente o Bitcoin e o Ethereum logo; maior correção de mercado já ocorrida com sustentação de movimento de alta; iminente ativação do SegWit

O que está pressionando o preço do Bitcoin

Em um sentido mais geral, o Bitcoin está em uma posição doce no que diz respeito à adoção global, desenvolvimento e crescimento da base de usuários. No ano passado, as plataformas de carteira Bitcoin, incluindo a Coinbase e o Blockchain, registraram dezenas de milhões de novos usuários de várias regiões, incluindo China, Coreia do SulJapão, Austrália e os EUA. Eles estão planejando introduzir regulamentos mais práticos e eficientes para usuários, comerciantes e empresas.

Em consideração ao atual impulso de alta do Bitcoin e ao rápido ritmo de crescimento da indústria do Bitcoin, Jafari prevê que o preço do Bitcoin atingirá US$ 3.915 em breve, o que aumentaria US$ 22 bilhões no limite de mercado da Bitcoin. Depois de mais dois rallies que podem incluir uma pequena correção, Jafari espera que o limite de mercado do Bitcoin aumente em 53%.

Jafari disse:

"A partir dos níveis atuais, isso tem um alvo mínimo que sai de 3.212 (se igual ao comprimento da onda I). Existe potencial para se estender até 3.915 (se 1,618 vezes o comprimento da onda I). Pode apenas demorar para chegar lá ".

A demanda por Bitcoin está aumentando a uma taxa exponencial por várias razões. Um número crescente de usuários começou a adotar o Bitcoin como moeda digital. Os comerciantes começaram a reconhecer o Bitcoin como um método de pagamento legítimo e mais regiões introduziram planos para regular o setor do Bitcoin para atrair comerciantes públicos, casuais e investidores institucionais.

No Japão, o Bitcoin transformou-se em uma grande moeda, adotada por algumas empresas proeminentes do país, como o maior vendedor de eletrônicos do país, a Bic Camera e o grupo de conglomerados multimilionários GMO. A Cointelegraph relatou anteriormente que o Japão também pode ver a aceitação do Bitcoin por centenas de milhares de novos restaurantes, cafés, lojas e comerciantes até o outono, através da integração do Bitcoin pela AirRegi.

Países, incluindo o Japão e a Austrália, eliminaram recentemente a dupla tributação na compra e negociação do Bitcoin para fornecer clareza aos usuários e comerciantes. A Coreia do Sul e a China estão avançando na adoção do Bitcoin como uma moeda digital legítima, proporcionando um ecossistema mais eficiente para empresas e startups.

A Cointelegraph revelou em 3 de julho que a Coreia do Sul está preparada para legalizar o Bitcoin nos próximos meses com a ajuda do representante do partido do governo Partido Democrata Park Yong-jin. Uma vez que o governo concede ao Bitcoin o status de uma moeda digital legítima e legal, espera-se que o mercado de câmbio de criptomoeda da Coreia do Sul prospere com o aumento da adoção nacional e a cobertura da mídia.