A gigante do ouro Goldmoney permite armazenamento frio para mais duas criptomoedas

A Goldmoney maior rede de poupança e transferência de ouro do mundo, adicionou mais duas principais criptomoedas ao seu serviço de armazenamento "a frio", de acordo com uma nota de imprensa publicada em 278 de Fevereiro.

A empresa, que já fornece um serviço de armazenamento frio para Bitcoin (BTC), anunciou que agora está adicionando o "Anti-Money Laundering AML (sistema anti-lavagem de dinheiro) de Ethereum (ETH), com armazenamento de Bitcoin Cash (BCH) na sequencia. De acordo com seu comunicado de imprensa, a Goldmoney Inc. retém quase $2 bilhões em ativos para clientes localizados em mais de 150 países.

"Os clientes da Goldmoney agora podem comprar diretamente Ethereum com o Anti-Money Laundering (" AML ") e vender suas participações Ethereum de volta à Goldmoney da mesma forma que compraram ou venderam Bitcoin e metais preciosos", informa a Goldmoney.

Como explica a empresa, as criptomoedas armazenadas no cliente são armazenadas e protegidas em um armazenamento frio offline, "com chaves privadas armazenadas em uma carteira de hardware protegida por senha".

Finanças tradicionais respondem à crescente demanda

À medida que o interesse dominante cresce, as criptomoedas atraem mais a atenção dos investidores tradicionais e mais conservadores. Um serviço de armazenamento frio semelhante ao da Goldmoney's é também oferecido pelo banco Frick, com sede em Liechtenstein, que fornece armazenamento para cinco das principais criptomoedas.

No mês passado, a empresa de comércio de ouro Regal RA DMCC, com sede em Dubai, recebeu uma licença de negociação de criptomoedas que permitiu à empresa abrir o "cofre de armazenamento frio" do mundo para as moedas digitais.