"Vá além das manchetes, fuja do Hype para evitar riscos com criptomoedas", diz o chefe de finanças de Idaho

Os deputados de Idaho se pronunciaram em público pedindo que o povo "olhe além das manchetes" para que eles possam "entender os riscos" existentes no investimento em criptomoedas.

Em um comunicado oficial da imprensa nesta quinta-feira, o Departamento de Finanças do Estado (DATE) citou o diretor Gavin Lee alegando que os investidores devem evitar o "hype" quando estão envolvidos produtos ou serviços que implicam em qualquer tipo de criptomoedas.

Ele advertiu:

"Os investidores devem ir além das manchetes e do hype para entender os riscos associados aos investimentos e futuros contratos de criptomoedas, bem como outros produtos financeiros onde essas moedas virtuais estão ligadas de alguma forma ao investimento subjacente".

Ao emitir o aviso, Idaho se junta ao emaranhado regulamentar crescente em vigor nos EUA, com diferentes estados adotando cada vez mais atitudes segmentadas em relação à criptomoeda. O Alasca também entrou na briga esta semana, com o diretor da Divisão de Bancos e Valores Mobiliários, Kevin Anselm, pedindo aos cidadãos que sejam cautelosos.

"Estamos notando um grande número de pessoas contatadas por comerciantes de criptomoedas ou vendedores que querem que as pessoas ingressem em ofertas iniciais de moedas, incluindo câmbio virtual."

O ano do Bitcoin?

A nível nacional, os operadores aguardam com grande expectativa para o que pode ser aparentemente um bom ano para os mecanismos financeiros relacionados ao Bitcoin em 2018. O esperado Bitcoin ETF poderia ser aprovado este ano, sugeriram os rumores, seguido de um forte sentimento de arranque na sequência do mercado futuro do Bitcoin no mês passado.