Tom Lee, da Fundstrat, nos relembra da regra dos 'dez melhores dias' do Bitcoin

Thomas Lee, cofundador da Fundstrat, "tuitou" um lembrete oportuno contra a venda em pânico em 28 de setembro, lembrando que a maioria dos ganhos do Bitcoin (BTC) ocorre nos dez melhores dias de negociação do ano. De fato, excluindo esses dez melhores dias, o BTC cai 25% ao ano.

"Regra dos 10 melhores dias" da Fundstrat

Em qualquer ano, a grande maioria dos ganhos no preço do Bitcoin ocorre apenas nos dez maiores dias de negociação, de acordo com esta regra. Durante a última alta de mercado de 2017, o preço subiu incríveis 1.136% nesses dez dias. Mas, mesmo durante a baixa de mercado de 2018, os dez melhores dias apresentaram um ganho geral de 66%.

Porém, a exclusão desses dias conta uma história muito diferente. Na maioria dos anos desde 2013, esses 355/356 dias apresentaram perdas principalmente consideráveis.

Enquanto 2017 teve ganhos impressionantes de 232%, 2018 sofreu uma perda de 140%. Da mesma forma, 2013 e 2014 tiveram perdas de 199% e 133%, respectivamente.

De fato, desde 2013, excluindo os dez melhores dias, o Bitcoin tem perdas anuais em média de 25%.

"Você é tão bom em negociar?"

Lee adverte contra a tomada de decisões emocionais de negociação, perguntando "Você é bom em negociar?"

A implicação de que manter é uma estratégia melhor do que negociar é clara. No entanto, Lee também alude a pensamentos de que o inverno cripto pode estar de volta, sugerindo que mesmo em mercados em alta, haverá um grande número de dias de grandes perdas.

Atualmente, o Bitcoin está em torno da marca de US$ 8.000. Isso representa um ganho aproximado de 110% no acumulado do ano.

Como o Cointelegraph relatou em 20 de setembro, Tom Lee disse que o Bitcoin e as criptomoedas ganharão confiança com o lançamento da plataforma de negociação institucional Bakkt.