MakerDAO trará integrações de pagamento DAI à Opolis

A plataforma de emprego baseada em blockchain, Opolis, anunciou que recebeu uma concessão da MakerDAO, criadora do stablecoin DAI.

MakerDAO trará integrações de pagamento DAI à Opolis

Em 17 de setembro, em um comunicado de imprensa compartilhado com o Cointelegraph, a plataforma Opolis e a MakerDAO ,anunciaram que trarão a stablecoin DAI para a plataforma de emprego focada em freelancers, baseada em blockchain, da Opolis.

A integração fornecida pela MakerDAO permitirá à Opolis processar pagamentos DAI, dar às empresas e freelancers a opção de pagar e ser pago com DAI e permitir que os membros da Opolis paguem suas taxas de associados com a stablecoin.

Richard Brown, chefe de desenvolvimento comunitário da MakerDAO, um tipo de organização autônoma descentralizada (DAO) que é gerenciada apenas por contratos e códigos inteligentes, explicou que, embora a economia freelance ofereça liberdade para muitos, ela tem algumas desvantagens, e acrescentou:

“Estamos ansiosos para ver como a DAI pode ajudar essa força de trabalho emergente.”

Através da colaboração com a MakerDAO, a Opolis também poderá oferecer seguro de saúde, criptomoedas e planos tradicionais de aposentadoria e automação de conformidade tributária para seus membros.

MakerDAO entra no varejo

Conforme relatado pelo Cointelegraph em 16 de agosto, um banco baseado em Londres, chamado Monolith, fornece um cartão de débito Visa, que começou a oferecer suporte à cripto do MakerDAO, permitindo que os usuários paguem por mercadorias em DAI. Além disso, o cartão pode ser usado para fazer pagamentos de contas, além de enviar e receber dinheiro via DAI.

O CEO da MakerDAO, Rune Christensen, explicou na época como essa parceria permite que os titulares da DAI usem seus ativos no varejo, dizendo:

“A solução do Monolith fornece uma maneira poderosa para os detentores de tokens aumentarem a utilidade de suas criptomoedas. [...] Seus cartões criam uma ponte entre o mundo do DeFi para o mundo mais tradicional do varejo.”