França permitirá negociação de valores mobiliários para plataformas Blockchain

De acordo com relatórios recentes, o governo francês abriu as portas para permitir que empresas fintech e as instituições bancárias comecem a negociar títulos não cotados nas plataformas baseadas em tecnologia Blockchain. As mudanças no regulamento diminuem a necessidade de intermediários como corretoras ou casas de câmbio.

A mudança vem com o desejo da França de aumentar sua reputação internacional como centro de finanças e tecnologia, esperançosamente concorrendo com a vizinha Londres, que atualmente desfruta de uma presença muito maior no campo. De acordo com uma declaração do ministro das Finanças, Bruno Le Maire:

"O uso desta nova tecnologia permitirá que empresas fintech e outros atores financeiros desenvolvam novas formas de negociar títulos mais rápido, mais barato, mais transparente e seguros".

De acordo com o comunicado, os títulos listados ainda serão obrigados a passar por sistemas de confiança.

Crescimento Blockchain

O anúncio proporcionará oportunidades crescentes para que os bancos e outras empresas usem a tecnologia Blockchain para cortar intermediários desnecessários de nível médio na negociação financeira. A tecnologia já foi utilizada por várias grandes corporações para pagamentos comerciais internacionais e outras aplicações.


Siga-nos no Facebook