Ex-presidente do Banco Central da França se une à diretoria da empresa blockchain Setl

O grupo britânico de tecnologia blockchain Setl contratou o ex-presidente do banco central francês Christian Noyer como membro de seu conselho de diretores. A nova contratação foi confirmada em um post publicado no dia 17 de janeiro.

Fundada em 2015, a Setl é uma empresa financeira com foco na tecnologia blockchain. A Setl construiu uma infraestrutura baseada em blockchain para pagamentos institucionais e assentamentos, com uma capacidade reportada de mais de 1 bilhão de transações por dia.

De acordo com o anúncio mais recente, Noyer se uniu ao conselho de administração da Setl trazendo uma “riqueza de experiência no mundo financeiro, regulatório, econômico e de bancos centrais”.

A experiência profissional de Noyer inclui ter atuado como vice-presidente do Banco Central Europeu, governador do Banque de France entre novembro de 2003 e outubro de 2015, bem como ter prestado serviços no Tesouro do Ministério da Economia e Finanças da França.

Anteriormente, a diretoria da Setl já era constituída por pesos-pesados ​​como o ex-membro não-executivo do Tribunal do Banco da Inglaterra, Sir David Walker, Martin Clements, ex-proprietário sênior do risco de informações do Foreign and Commonwealth Office do Reino Unido e a ex-vice-presidente do Banco da Inglaterra Rachel Lomax.

Outra proeminente contratação na indústria de cripto aconteceu em 16 de janeiro, quando a exchange de criptomoeda ErisX revelou que Joseph Lubin, fundador da ConsenSys e cofundador da criptomoeda Ethereum (ETH), estava no conselho de diretores.

Em dezembro, a startup de blockchain Civic nomeou o veterano da Apple Phillip Shoemaker como diretor executivo da Identity.com, sua plataforma de identidade descentralizada.