Ex-executivo do Barclays lança em 2020 primeiro banco de criptomoedas regulamentado do Reino Unido

Mark Hipperson, que foi chefe de tecnologia do grupo Barclays por mais de uma década, além de cofundador e ex-CTO do banco do Reino Unido, Starling, está planejando o lançamento no primeiro trimestre de 2020 para seu mais recente empreendimento bancário digital, Ziglu.

Se intitulando como o próximo passo no conceito de banco, a conta totalmente digital permitirá que várias moedas, fiduciárias e digitais, sejam mantidas na mesma conta.

HODL, guardar, gastar

A conta gratuita não poderá apenas manter saldos em várias moedas, mas também trocar livremente fundos entre elas. Moedas estrangeiras estarão disponíveis para compra e venda às taxas interbancárias, e as compras e vendas de criptomoeda estarão disponíveis ao melhor preço em várias exchanges.

Além disso, segundo o site da Ziglu, qualquer moeda mantida na conta pode ser gasta em qualquer lugar do mundo usando um cartão de débito Mastercard. Isso inclui criptomoedas, que serão convertidas instantaneamente no ponto de venda.

Por enquanto, somente no Reino Unido

Hipperson é CEO da Ziglu desde setembro de 2018, e a empresa solicitou à Autoridade de Conduta Financeira (FCA) do Reino Unido uma autorização para se tornar um emissor de dinheiro digital.

Atualmente, os aplicativos de pré-lançamento estão sendo utilizados, mas apenas pelos residentes no Reino Unido, embora haja planos de expandir isso no futuro. Especificamente:

"Embora pretendamos expandir nossas ofertas para outros países no devido tempo, atualmente apenas residentes no Reino Unido, com pelo menos 18 anos de idade, podem usar nossos serviços e são elegíveis para solicitar uma conta Ziglu".

A união deve ter inovações bancárias

O Ziglu certamente não é a primeira empresa a oferecer uma conta fiat/cripto combinada. Como o Cointelegraph relatou em agosto, a Bitwala lançou uma conta com uma carteira Bitcoin anexada, e desde então, também adicionou a funcionalidade para o Ethereum.

Também não é a primeira oferta de cartão de débito que suporta criptomoedas. Mas a combinação de várias moedas fiduciárias, mais a posse de criptomoeda, juntamente com a capacidade de gastar qualquer moeda usando um cartão com conversão instantânea no ponto de venda, talvez seja a combinação que os investidores ainda não perceberam que precisavam até agora.