Pelo segundo dia consecutivo, volume de negociações com Tether supera Bitcoin

Segundo informações dos sites CoinMarketCap (CMC) e Livecoin Watch, o volume de transações envolvendo a stablecoin Tether (USDT) superou o de Bitcoin (BTC) pelo segundo dia consecutivo. 

O fato chama atenção pela diferença no “tamanho” das duas criptomoedas. Enquanto o Bitcoin soma US$ 175,7 bilhões de market cap - quase 65% do market cap de todos os criptoativos somados - o Tether soma cerca de US$ 4 bilhões.

Segundo o CMC, as negociações com USDT ficaram um pouco acima dos US$ 18 bilhões nas últimas 24h, enquanto com BTC ficaram próximas de 17 bilhões. 

Já no Livecoin Watch, o volume do mesmo período foi de US$ 10,4 bilhões (BTC) e US$ 13,7 bilhões (USDT).

Esse fenômeno é recente no mercado, tendo ocorrido poucas vezes desde abril de 2019, quando as transações com o Tether saíram de cerca de US$ 10 bilhões em um dia para cerca de US$ 20 bilhões. 

Esse nível de volume de transações com USDT tem se mantido de forma relativamente estável desde então.

A explicação natural é que com a recente alta do Bitcoin, seguida da última correção, mais pessoas estão trocando USDT diretamente por altcoins e não por BTC. 

O Tether mantém forte dominância no mercado das stablecoins, sendo responsável por mais de 98% das transações com moedas digitais pareadas em alguma moeda fiduciária.

Como noticiou o Cointelegraph, o Tether está em fase de implementação do uso de sua quinta blockchain. 

O aumento no volume de negociações com USDT não tem relação com a recente criação por engano de 5 bilhões de moedas, que foram queimadas logo após o erro, conforme noticiado recentemente.