Sentindo-se deixadas para trás pela revolução ICO, empresas do VC se jogam na carruagem do Blockchain

Tem havido uma grande quantidade de ICOs  no mercado nos últimos meses, à medida que a popularidade do mecanismo de crowdfunding aumenta.

VCs se jogam na carruagem

A sensação de que as ICOs algum dia colocarão o financiamento de capital de risco tradicional para fora do mercado, uma vez que as empresas podem alcançar diretamente os investidores, levou a algumas empresas de capital de risco a buscar financiamento em seu próprio ICO.

O recente anúncio da Homebrew, startup de capital de risco fundada por ex-executivos do Google e do Twitter, não é surpreendente, dada a inclinação da empresa para investir em pequenas empresas do tipo fintech (como Shyp e Skimm). O parceiro e cofundador Satya Patel disse:

"Vamos aumentar nosso próximo fundo usando uma ICO, é isso".

Após a declaração, no entanto, Patel recuou da certeza que ele ofereceu, apenas comentando que a possibilidade foi discutida entre os membros do conselho e parceiros.

A idéia de as empresas de capital de risco arrecadarem através de uma ICO não é nova. A Blockchain Capital conseguiu uma ICO de US$ 10 milhões em abril.

Ponte para os EUA

O 4 de julho verá o início de uma nova ICO dedicada a superar o fosso entre o grupo de tecnologia na Europa Oriental e as empresas dos EUA. A ICO, chamada Starta, prometeu utilizar as conexões de negócios e linguagem para "capacitar as empresas de tecnologia limítrofe da Europa Oriental, expondo-as ao mercado norte-americano. O programa visa adaptar os europeus orientais ao ambiente comercial e cultural nos EUA, e promete "completar e definir a serventia do produto/mercado, obter força e se tornar parte do sistema local de startup e investimento nos EUA".

Os tokens Starta serão  lançados na plataforma Waves Blockchain, um veículo para a emissão de tokens digitais para o mercado.

A empresa promete adquirir empresas com talento na Europa Oriental e colmatar o fosso de entrada nos mercados dos EUA para diferentes tecnologias através de treinamento de linguagem e sotaque ("aceleração" de acordo com o site da Starta).

A Starta obterá lucros das empresas que conseguirem vendas americanas por meio da participação na propriedade.

Faturamento baseado em Ethereum

Outra ICO de um mês está começando agora, a Hive (HVE), é dedicada aos sistemas de faturamento do Blockchain do Ethereum usando contratos inteligentes.

A Hive é projetada para ajudar as empresas com factoring - empréstimos de credores com base nos recebíveis, geralmente como uma porcentagem dos recebíveis. Quando o valor faturado é pago, o credor recebe a porcentagem de retorno, acrescido de juros. A empresa pode então receber fundos mais rapidamente do que o tempo médio de 60-90 dias para o faturamento, ajudando com problemas de fluxo de caixa.

A tecnologia Blockchain pode automatizar esse processo através da identificação de cada fatura, tornando simples para um credor examinar os recebíveis. Também pode vincular cada fatura via contrato inteligente, eliminando o risco de empréstimos duplicados em uma única fatura e garantindo a confiança do credor. A faturação é de US$ 3 trilhões em todo o mundo.


Siga-nos no Facebook