Federais reivindicam o produto da fortuna do Silk Road apreendida a apenas US $ 334 por Bitcoin

O Departamento de Justiça dos EUA finalmente conseguiu reivindicar o produto da venda dos 144,336 Bitcoins apreendidos quando fecharam o mercado on-line ilícito Silk Road em 2013.

Ross Ulbricht, também conhecido como Dread Pirate Roberts, o homem por trás do Silk Road, abandonou recentemente sua reinvindicação sobre essas moedas apreendidas enquanto ele permanece atrás das grades.

O montante arrecadado pelos federais foi de cerca de US $ 48 milhões para as 144.336 moedas, muito abaixo do seu valor aos preços de hoje, pois parece que mesmo o Departamento de Justiça ficou insensato com o velho adágio de vender baixo.

Venda baixa

Os Bitcoins apreendidos foram vendidos em uma série de leilões em 2014 e 2015, e o acúmulo de US $ 48 milhões indica que eles calcularam a média do preço das moedas em US $ 334.

Em retrospectiva, a venda parece ser uma questão de mal momento para o governo: o preço de um Bitcoin era de mais ou menos US $ 1.000 no final de 2013 antes que a moeda digital entrou em uma queda prolongada até meados de 2016 quando começou a subir .

O preço atual é de cerca de US $ 4.400 - o que significa que o Departamento de Justiça teria conseguido cerca de US $ 630 milhões se a venda tivesse ocorrido hoje.

Deixando a reinvindicação

Foi apenas na semana passada que Ulbricht decidiu desistir formalmente das reivindicações que ele tinha do Bitcoin que foi apreendido. De acordo com o escritório de Joon H. Kim, o procurador dos Estados Unidos de Manhattan, significa que o governo agora tem direitos sobre o produto.

A razão para Ulbricht desafiar a apreensão veio em parte por causa dos agentes de serviços secretos corruptos que foram expostos na investigação.

Dois agentes foram implicados na corrupção, um da Agência Antidrogas e outro do Serviço Secreto, que se colocavam como criminosos para roubar Bitcoins.

Apesar das ações dos funcionários corruptos, ainda havia evidências mais do que suficientes para afundar Ulbricht, incluindo arquivos detalhados de servidor e bate-papo que o identificavam como o "Dread Pirate Roberts" que construiu e controlou a Silk Road.