Facebook cria equipe liderada por membro do conselho da Coinbase para explorar o Blockchain

David Marcus, chefe do aplicativo de mensagens do Facebook, o Messenger, anunciou que o site de rede social está explorando possíveis aplicativos para a tecnologia blockchain, informou a CNBC em 8 de maio.

"Estou montando um pequeno grupo para explorar a melhor forma de alavancar o blockchain em todo o Facebook, começando do zero", Marcus compartilhou em uma postagem na terça-feira à tarde em sua página pessoal.

Marcus tem liderado o Messenger há quase quatro anos. Em dezembro, ele se juntou à Coinbase como membro do conselho de criptomoedas. O Facebook, no entanto, não revelou como está interessado em aplicar o blockchain.

A mudança acontece quando o Facebook implementa uma mudança mais ampla de sua equipe de produtos. A partir de agora, a empresa operará sob três divisões: um grupo de “família de aplicativos”, “serviços centrais de produtos” e “novas plataformas e infra”, informou a Recode na terça-feira.

Em janeiro, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, disse que analisaria as moedas digitais para explorar seu potencial de capacitar indivíduos. Ele afirmou que o poder de sistemas descentralizados como a criptomoeda poderia ajudar a tirar o poder do sistema centralizado e colocá-lo de volta nas mãos dos indivíduos.

Em janeiro deste ano, o Facebook iniciou uma proibição geral de anúncios de criptomoedas e ofertas iniciais de moeda (ICO's). A proibição foi uma surpresa para alguns, já que o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, já havia expressado interesse em criptomoedas. Zuckerberg supostamente queria estudar como a natureza descentralizada da criptomoeda poderia capacitar os indivíduos e "a melhor forma de usá-las em nossos serviços".