Mati Greenspan, da eToro, diz que alta no preço do Bitcoin vem de investidores do varejo

Mati Greenspan, analista sênior de mercado da empresa eToro, sugeriu em seu blog post mais recenete que os investidores de varejo podem ter sido os maiores responsáveis pela recente alta de preço do Bitcoin. O analista também acredita que o "verão das criptomoedas" finalmente chegou.

Greenspan relata que os recentes ganhos de preço, que empurraram o Bitcoin para quase US$ 14 mil, foram uma clara indicação do "calor extremo" e da mudança de estação. Entretanto, segundo o analista, a euforia do verão pode ser perigosa.

Segundo o analista, a alegria pode continuar por mais algum tempo, já que os sinais típicos de “excesso de entusiasmo” não estão presentes - coisas como excesso de procura pelo termo Bitcoin na web, congestionamento na blockchain do BTC, etc.

Embora tenha havido uma onda de ganhos nas altcoins recentemente, incluindo o Ethereum, Greenspan adverte que o Bitcoin ainda é o principal ativo digital.

Para fundamentar sua tese, o analista afirma que o índice de dominância do Bitcoin em relação à outras criptomoedas atingiu seu ponto mais alto desde 2017 e ainda mantém uma tendência de alta.

Greenspan afirma - citando dados do site Messari - que os volumes de Bitcoin são realmente mais altos do que a maioria dos mercados de criptomoedas combinados.

Ele também fala da saúde da rede Bitcoin, sugerindo que a rede está conseguindo resistir, apesar da pressão do volume extremamente alto:

“No geral, a alta da noite passada aconteceu em volumes muito fortes em toda o mercado. Isso inclui exchanges, futuros e transações em cadeia. Ainda assim, o Bitcoin está lidando com a carga com facilidade e o tamanho do mempool está bem. Ou seja, não há absolutamente nenhum congestionamento na Blockchain do Bitcoin e há pouquíssimas transações esperando para serem confirmadas.”

Mempool é o nome dado às transações de Bitcoin que estão aguardando serem confirmadas pela rede. Quanto menor a mempool, menos congestionada esta a rede do Bitcoin.

Em comparação, o último verão de criptomoedas de 2017 prejudicou a capacidade da rede Bitcoin. Devido à enorme demanda e ao grande volume de negociações, a mempool ficou cheia de transações aguardando serem confirmadas e a taxa de transferência disparou.

De acordo com os dados de Greenspan, a demanda do Bitcoin vem de investidores de varejo.

O analista aponta para as tendências do Google, que tem crescido constantemente desde o início do ano, no entanto, o aumento não chega nem perto dos níveis anteriores ao longo do último ciclo, mostrando que aqueles que estão comprando provavelmente já estão familiarizados com o mercado.

Greenspan também observa - usando dados do site coinlib - que a maior parte do capital entrando no Bitcoin e no Ethereum está vindo da moeda estável Tether (USDT).

"Há um novo sinal vindo, mas parece que a maior parte da ação vem de dinheiro que estava parado nas laterais em establecoins."

Além disso, o analista ressalta que os dados compilados pela CryptoCompare sugerem que o aumento no volume de exchanges criptomoedas-criptomoedas está muito mais acelerado que em exchanges fiat-criptomoedas (consideradas portas de entrada para novos investidores).

O mercado de criptomoedas é movido por inúmeras variáveis e entende-lo não é tarefa fácil. No fim do artigo, Mati Greenspan fala sobre sua entrevista ao canal do Cointelegraph no YouTube, onde examina os diversos detalhes da recente alta.