Ethereum: 92.000 ETH transferidos para exchange geram temor de venda milionária por Vitalik Buterin

O co-fundador do Ethereum (ETH), Vitalik Buterin, se tornou o centro das atenções no dia de Natal, em meio a temores de que planeja vender US$ 25 milhões em criptomoedas.

Os registros do recurso de monitoramento Etherscan mostraram um total de 92.000 ETH (atualmente no valor de US$ 11,5 milhões) movidos de uma única carteira para a exchange americana Kraken em 25 de dezembro.

Fonte dos fundos: 'desenvolvedor do ETH ou o prórpio VB'

Conforme observado pelo serviço de análise de blockchain ViewBase, a carteira continha mais de 300.000 ETH antes da transação e recebeu a maior parte de seu conteúdo de Buterin vários anos atrás.

"A baleia é provavelmente um dev do ETH ou então o próprio Buterin", resumiu nos comentários que a acompanham.

A transação formou um dos três principais movimentos de exchanges que desencadearam rápida sucessão. A Huobi ganhou 99.987 ETH extras, enquanto outros 25.908 ETH foram para Binance.

O valor total das três transações é de US$ 25,5 milhões. Em resposta ao ViewBase, os comentaristas imediatamente levantaram preocupações de que Buterin ou um investidor associado estivesse planejando uma grande venda.

Pânico com o possível dumping no ETH

Buterin não participou da discussão, que é a terceira rodada de rumores sobre uma liquidação do ETH nos últimos dias.

Em uma entrevista no início de dezembro, Buterin revelou que orquestrou pessoalmente a venda de 70.000 ETH em 2018, quando a altcoin estava sendo negociada em torno de sua máxima histórica. Os recursos valiam US$ 100 milhões.

Como o Cointelegraph relatou, na semana passada, uma transferência de 789.000 ETH entre duas carteiras conhecidas por serem controladas pelo esquema Ponzi PlusToken, provocou outras preocupações.

O clima entre os especialistas se tornou cada vez mais hostil em relação ao Ethereum, com o fim de 2019, os desenvolvedores foram desprezados por gerenciar o principal roteiro de atualização da rede.

A maior altcoin passou por dois hard forks em questão de semanas, algo que o conhecido apoiador do Bitcoin (BTC), Udi Wertheimer, descreveu como "absurdo".

O ETH / USD caiu cerca de 17% desde o início de dezembro. Em relação às altas de 2019, de US$ 335, o par caiu mais de 60%.