Mercados de ações vs. mercados de criptomoedas: revisão semanal de performance, 5 a 11 de fevereiro

As visões e opiniões expressas aqui são somente as dos autores/colaboradores  e não necessariamente refletem as visões da Cointelegraph.com. Cada investimento e movimento de negociação envolve risco, você deve realizar sua própria pesquisa antes de tomar uma decisão.

Os dados do  mercado de criptomoedas são fornecidos pela casa de câmbio HitBTC.

Enquanto as criptomoedas tiveram algum alívio na semana passada, os mercados globais de ações sofreram de novo. O que vimos foi a queda em cascarta de todos os principais mercados de ações. Parece que o sentimento global é o culpado aqui, dado o alinhamento na gravidade das quedas em cada um dos principais mercados.

A continuação da liquidação é amplamente vista como devido a preocupações com o aumento das taxas de juros e ao aumento da probabilidade de uma maior inflação. As economias mundiais e os ganhos das empresas geralmente permanecem em boa forma, e o consenso parece ser que isso é mais técnico e baseado em sentimentos, em vez de fundamentalmente impulsionado. Se é verdade, as probabilidades ainda favorecem uma eventual continuação das tendências ascendentes.

Stock Market

Esta foi a segunda semana de grande venda, e alguns sérios danos técnicos aconteceram nas paradas para que a recuperação possa levar algum tempo. E ainda não está claro que o fundo do poço foi atingido. Para o curto prazo, o mercado dos EUA teve um rali aliviador no final do dia na sexta-feira, 9 de fevereiro, de modo que o sentimento de alta poderia continuar para o início da semana. Desde a semana passada, de 29 de janeiro a 4 de fevereiro, todo mercado está agora em território negativo durante o ano, enquanto que antes da grande venda de mercados de ações mundiais havia um forte desempenho relativo no primeiro mês do ano.

O Shanghai Composite puxou a queda com um tombo de 9,6% para terminar em 3 125,55 e seguido muito de perto pelo declínio de 9,5% do Hang Seng. A menor foi do BSE 30 Sensex com 3,0% para fechar em 34 005,76, seguido do FTSE 100, com queda de 4,7% para finalizar em 7 443,40.

Índice FTSE 100: direto para o fundo do intervalo de consolidatção de um ano

A queda da semana passada de 4,7% no FTSE 100 levou-o diretamente através de uma série de áreas técnicas de suporte de preços e até a resistência/suporte multianual anterior de 2015/2016 e 2017. A baixa da semana foi de 7 073.00, não ficou muito longe do fechamento da semana de 7 092,40 (fechamento fraco), enquanto uma retração de Fibonacci de 61,8% de uma tendência de alta de prazo intermediário foi completado em 7 089,20.

Ao adicionar o teste de suporte de vários meses em torno da faixa de preços de 7 097 a 7 073 de 2017, a baixa da semana passada parece ter uma chance decente de manter uma reversão maior, mesmo que seja de curta duração. Mesmo assim, se a queda da semana passada for desconsiderada, a retração de Fibonacci de 38,2% da tendência ascendente a longo prazo está próximo de 7 027,10.

UKX

A perspectiva mais baixa se centra no fato de que o FTSE caiu diretamente em uma zona de consolidação de preços de um ano nas últimas duas semanas com pouca hesitação. Essa queda seguiu um período de alta há sete semanas, uma clara falha. No caminho para baixo, o índice caiu abaixo de duas linhas de tendência ascendentes e fechou abaixo da linha de longo prazo semanal. Além disso, o fechamento está claramente abaixo da linha. É interessante que as duas linhas de tendência mostradas no gráfico incluído identifiquem o suporte potencial na mesma zona de preços, mas o mercado não pareceu se importar quando foi direto através dessas linhas.

Um salto dos níveis atuais poderia facilmente ver resistência em torno da convergência das duas linhas em aproximadamente 7 272 a 7 289.

China Shanghai Composite: caindo duramente de um canal ascendente de dois anos

Depois de atingir um máximo de de 2 anos com 3 587.03 há duas semanas, o Shanghai Composite Index rapidamente encontrou resistência e recuou. A partir da baixa de 3 062,74 da semana passada, ele caiu 14,62% dessa alta. A resistência em torno da alta é identificada por vários níveis de resistência de Fibonacci, incluindo a retração de 38,2% da tendência de baixa de longo prazo.

SHCOMP

Na semana passada, um sinal de continuação de tendência descendente foi dado à medida que o índice caiu para fora de um canal de tendência ascendente de dois anos e caiu abaixo do mais recente giro baixo, 3 254.18. Até agora, a ruptura é decisiva, dado o grau de movimento abaixo da linha e o fechamento semanal no último trimestre próximo ao intervalo da semana. Além disso, observe a convergência da horizontal curta na parte inferior da recente variação baixa com a linha de tendência ascendente. Isso indicaria uma área potencial de suporte mais forte; mas ela foi facilmente rompida, dando ênfase à natureza de baixa do movimento.

Criptomoedas: baixa, mas em recupareção

No início da semana passada, as criptomoedas continuaram suas trajetórias descendentes. Em todos os casos, o suporte foi finalmente encontrado, levando a fortes saltos. O consenso para a mudança de sentimento de baixa para alta parece ser a perspectiva positiva e madura oferecida no setor de criptomoeda por Christopher Giancarlo, presidente da Comissão de Negociação de Mercadorias e Futuros (CFTC) dos Estados Unidos durante seu testemunho perante a Comitê Bancário do Senado na última terça-feira . Ele, juntamente com o testemunho de Jay Clayton, presidente da Comissçao de Títulos e Câmbio (SEC), ajudou a repelir as crescentes preocupações dos investidores de que os reguladores resolveriam endurecer o jogo nos EUA e isso envolveria ondulações negativas em todo o mundo.

Uma vez que os mínimos foram ajustados, os oito pares seguidos se recuperaram fortemente, com um ganho mínimo de mais de 50% para o Bitcoin, enquanto a maioria das outras saltou acima de 70%, exceto o Ripple, que subiu mais de 110% no sábado.

Crypto

No entanto, cada uma das criptos permanece em tendência de baixa, aguardando uma confirmação adicional de força, que poderia levar a uma progressão sustentável mais alta. Até agora, os fundos em V são prevalentes, por isso não seria surpreendente outro teste dos mínimos da semana passada garantir que um fundo sustentável tenha sido encontrado, se é que isso ocorreu. Há pouca confirmação até agora de que isso tenha acotnecido, embora pareça que poderia ser o caso.

Esta semana vamos ver os gráficos para Litecoin e Ethereum, com o Litecoin sendo o protagonista da semana passada e o Ethereum sendo o mais fraco. Independentemente disso, há uma característica de seus gráficos que indica que eles podem estar exibindo alguma força relativa. O gráfico do XRP também possui essa característica. O Litecoin encerrou a semana com 25,6% para fechar em US $ 164,10, enquanto o ETH terminou em US $ 878,01, queda de 4,9%.

Litecoin: possível formação de fundo duplo

O Litecoin atingiu um mínimo de US $ 100,20 em 2 de fevereiro em torno do suporte de uma linha de tendência de alta, resistência anterior e logo abaixo da retração de Fibonacci de 78,6% de um aumento de médio prazo. Desde então, ele formou um padrão de reversão de tendência de fundo duplo com a baixa do segundo fundo em US $ 103,65. No entanto, uma fuga do fundo e, portanto, uma confirmação de alta não ocorre até que haja uma manifestação acima de US $ 175,00.

LTC

Outro sinal de força para esta cripto é o rali de volta acima dos mínimos anteriores em US $ 144,00 e US $ 135,00 desde o início no atual declínio. Essa é a característica técnica relativamente positiva aludida anteriormente. Comportamento de preços semelhante pode ser visto no Ethereum.

Ethereum: recuperação técnica acima do suporte anterior

Na noite de sábado, 10 de fevereiro, o Ethereum havia saltado até 60% de desconto no valor de US $ 565,54 abaixo da semana passada. Foi quase uma combinação exata com 141,4% de extensão de Fibonacci, US $ 565,07, do aumento anterior. Mas, não houve confirmação adicional do significado potencial desse nível de suporte de preços, e esta cripto permanece em uma clara tendência de queda. No entanto, conforme discutido sobre o Litecoin, ele reagiu de modos visíveis acima do balanço de baixa anterior em US $ 770,00 na metade de janeiro. Isso pode ser um sinal de força relativa, mas teremos que observar atentamente o comportamento dos preços para esta semana que se inicia.

ETHOs dados do  mercado de criptomoedas são fornecidos pela casa de câmbio HitBTC.; os gráficos para as análises são fornecidos pela TradingView.


Siga-nos no Facebook