Em entrevista, Mike Novogratz diz qual seria o melhor acontecimento para o Bitcoin em 2019

Em recente entrevista à CNBC, o CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, afirmou que se a empresa de investimentos Fidelity permitisse que seus clientes comprassem Bitcoin, esta seria "a coisa mais otimista para o Bitcoin em 2019".

Muitos analistas acreditam que a entrada da gigante de investimentos Fidelity no mundo das criptomoedas é um fator muito importante para o mercado de ativos digitais. Diz Novogratz:

"A coisa mais otimista seria Abby Johnson (presidente da empresa) dizer 'todos os meus 26 milhões de usuários agora podem comprar Bitcoin na minha plataforma.' Isto ainda não aconteceu."

A Fidelity começou a se interessar por criptomoedas em 2013, quando abriu sua primeira fazenda de mineração.

Desde então, a gigante dos fundos mútuos que é responsável por cuidar de quase US$ 2.5 trilhões em investimentos aumentou a aposta ao lançar sua divisão de ativos digitais em 2018.

Conforme já mostrou o Cointelegraph, a Fidelity começou recentemente a implantar seu serviço de custódia de criptomoedas. 

Atualmente, uma das maiores empresas que realizam custódia de criptomoedas é a Coinbase. Com o lançamento, a Fidelity planeja retirar da Coinbase o domínio neste nicho de mercado em rápido crescimento.

Durante uma entrevista ao Financial Times, Abigail Johnson falou que seu novo produto de custódia tem grande potencial de crescimento e que "poucos investidores tradicionais conhecem o nome Coinbase".

Com pouco mais de dez anos de história o Bitcoin está ganhando a confiança de grandes investidores tradicionais. Os novos produtos voltados para investidores institucionais mostra que o ativo digital está firmando a sua posição como uma nova classe de ativo.

Como publicou o Cointelegraph, a Bakkt - empresa da Intercontinental Exchange (ICE) - anunciou que lançará o primeiro contrato regulamentado de opções para futuros de Bitcoin em 9 de dezembro.