Jack Ma da gigante de e-commerce Alibaba diz que Blockchain não é uma bolha, mas o Bitcoin sim

Jack Ma, o fundador do gigante chinês de e-commerce Alibaba, falou na Segunda Conferência Mundial de Inteligência em Tianjin, dizendo que a tecnologia blockchain não é uma bolha , mas Bitcoin sim, na quarta-feira, 16 de maio.

Ma disse que ele tem pesquisado blockchain há anos e acredita fortemente em seu potencial para abordar questões de privacidade de dados e segurança para a sociedade em todos os níveis - governos, corporações e indivíduos - em uma "era de big data". Ele ressaltou que a segurança é uma prioridade para o conglomerado de e-commerce, que relatou $39,9 bilhões em receita anual em seu último lançamento fiscal do quarto trimestre, e tem um volume de trilhões de transações.

Ma acrescentou que lamentavelmente, grande parte da atenção que a indústria emergente de blockchain recebe vem de especuladores que vêem o blockchain como uma "enorme mina de ouro". Ma estava atento ao Bitcoin, mesmo durante o seu pico em dezembro de 2017, supostamente dizendo à CNBC em Xangai na época:

"Eu não sei nada sobre o Bitcoin. Estou particularmente intrigado. Mesmo que possa realmente funcionar, as regras do comércio global e do sistema financeiro serão completamente alteradas. Eu não acho que estamos prontos. Então, eu ainda estou prestando atenção ao Alipay ... ao dólar americano e ao euro. Nós temos uma equipe que estuda o blockchain, mas o Bitcoin não é algo que eu queira seguir. Nós não nos importamos com o Bitcoin."

No ano passado, Jack Ma tornou-se o homem mais rico da Ásia, de acordo com a Bloomberg, com seu patrimônio líquido subindo para $41,8 bilhões. O esmagadoramente popular aplicativo de pagamento móvel Alipay, dirigido pelo afiliado do Alibaba Ant Financial, supostamente tem 450 milhões de usuários.

Já no verão de 2016, a Ant Financial, introduziu a tecnologia blockchain para melhorar a prestação de contas em seu trabalho com a indústria de caridade chinesa, chegando a recrutar especialistas da blockchain na empresa no ano seguinte

No entanto, de acordo com a posição da Ma, o Alibaba Group parou de abraçar as criptomoedas, com o Alibaba Cloud negando recentemente rumores de que sua recém-lançada rede 'P2P Nodes' era uma plataforma de mineração de criptomoeda. Mais tarde, em abril, a subsidiária da Alibaba, Taobao baniu toda a publicidade relacionada à ICO de sua plataforma.