Diretor de casa de câmbio cripto com sede no Reino Unido é raptado em Kiev

De acordo com fontes locais, Pavel Lerner, diretor-gerente da casa de câmbio de criptomoeda EXMO, foi raptado em Kiev na terça-feira.

Citando uma fonte de uma força-tarefa local, o jornal ucraniano relata que Lerner desapareceu na terça-feira à tarde após ser raptado por "desconhecidos" ao sair de seu escritório no centro da cidade dirigindo um Mercedes-Benz preto.

No momento várias investigações estão em andamento para determinar por que e por quem Lerner foi raptado.

De acordo com a revista local, Lerner é um cidadão russo que tem autorização de residência na Polônia e está envolvido em uma série de startups cripto/Blockchain na Ucrânia. A página do Facebook de Lerner diz que ele é originário de Kursk, na Rússia. O site da EXMO afirma que a empresa está localizada em Polegate, na Inglaterra.

Os representantes da EXMO disseram ao jornal especializado em cripto local ForkLog que o incidente não afetou o funcionamento da empresa e que os dados e fundos dos usuários não foram de modo algum comprometidos:

"Estamos fazendo todo o possível para acelerar a busca por Pavel Lerner. Qualquer informação sobre seu paradeiro é muito bem-vinda. Apesar da situação, a casa de câmbio está operando normalmente. Também queremos enfatizar que a natureza do trabalho de Pavel na EXMO não possui acesso nem aos estoques ou a qualquer dado pessoal dos usuários. Todos os fundos dos usuários estão absolutamente seguros".

Em outras notícias da Ucrânia, no início deste mês em Odessa, a ForkLog informou que tanto seu escritório quanto o apartamento de seu CEO foram invadidos por membros do Serviço Secreto da Ucrânia. A incursão culminou com a apreensão de equipamentos, incluindo aqueles em que os fundos em criptomoeda pessoais e corporativos estavam armazenados.