Banco Nacional Tcheco assegura que Criptomoedas não ameaçam o Sistema Bancário Tradicional

O Banco Nacional  Tcheco afirmou que as criptomoedas como o Bitcoin não representam uma ameaça para o sistema bancário convencional. Um comunicado publicado pelo banco intitulado "Não tenha medo do Bitcoin", argumenta que as moedas fiduciárias ainda são mais adequadas para o comércio. O banco explica que as moedas fiduciárias são mais úteis devido à estabilidade de preços, mas afirma que o Bitcoin não é ruim e não ameaça o sistema bancário.

Aumento da popularidade do Bitcoin em Praga e na República Tcheca

A declaração pretende abordar a popularidade de Bitcoin em Praga e toda a República Tcheca. O documento cita o alto número de usuários e apoiadores de moedas digitais em Praga, mas insiste em que o Bitcoin não pode substituir ou marginalizar os sistemas monetários tradicionais.

O banco também diz que a adoção de moedas virtuais no país é "insignificante em seu tamanho e alcance" e que "as transações eletrônicas que utilizam o Bitcoin em todo o mundo representam apenas 16% das transações eletrônicas realizadas em coroa tcheca".

O banco explica que um problema básico com o uso do Bitcoin é o seu poder de compra constantemente em mudança. Essa volatilidade torna a moeda muito menos útil como meio de pagamento e liquidação de transações.

A importância da estabilidade de preços no mercado

De acordo com o banco, a estabilidade de preços é a característica mais benéfica do dinheiro na sua forma atual. Para manter a estabilidade de preços e para manter o poder de compra do dinheiro relativamente constante, a oferta monetária deve poder crescer e encolher conforme o necessário.

Por que o Bitcoin não é uma boa commodity de moeda 

O banco também explica por que a Bitcoin não é uma boa mercadoria monetária. Ele afirma que a mudança constante da moeda digital resultará em um poder de compra instável. Conclui afirmando que o sistema monetário existente não será assumido por qualquer moeda de fornecimento fixo, como o Bitcoin.